Menu
investiremumafranquiadepadariaeumbomnegocioconfira

Investir em uma franquia de padaria é um bom negócio? Confira!

Você já pensou em abrir uma franquia de padaria? O sonho de muita gente é ter um negócio próprio e mudar sua posição de empregado para patrão. Contudo, esse é um desafio que envolve diversas questões, a começar pela escolha do tipo de negócio e setor de atuação.

Nesse sentido, muitos empresários ingressam no universo empresarial por meio do modelo de franquias, já que ele facilita a vida de quem ainda é inexperiente e precisa de um retorno mais rápido do valor investido. O ramo de alimentação representa a alternativa com o maior potencial de sucesso.

Juntando o útil ao agradável, a franquia de padaria é uma opção bastante vantajosa, especialmente para quem gosta dos produtos do setor e não vê a hora de se tornar um empreendedor. Os dados acerca do setor nos últimos anos são bastante animadores e existem diversas opções de franquias no Brasil atualmente.

Se você está pensando em montar uma padaria por meio de uma franquia, este guia tem tudo o que você precisa saber! Nele você vai encontrar informações sobre o cenário de panificação no país e como funciona uma franquia de padaria.

Ao longo do texto vamos falar sobre as características que você precisa ter para se destacar nesse mercado e como tem se dado a expansão desse tipo de negócio. Por fim, vamos listar as principais marcas de franquia de padaria do Brasil para que possa escolher qual delas combina melhor com você.

Então, prepare o seu bloquinho de anotações e boa leitura!

O mercado de panificadoras no Brasil

Começaremos nossa jornada entendendo melhor como anda o cenário da panificação no Brasil, observando a evolução do setor nos últimos anos e as principais tendências do mercado. Para isso, trouxemos informações da Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (ABIP). Confira!

Cenário atual da panificação no Brasil

O setor de panificação passou por um momento difícil diante da crise econômica, principalmente em 2015. Contudo, ele apresenta crescimento em diversos aspectos desde então, como veremos a seguir.

Faturamento e crescimento

Desde 2007, quando o levantamento teve início, o setor apresentou constante crescimento no volume de faturamento, passando de R$ 39,6 bilhões para R$ 92,6 bilhões em 2018. Por outro lado, o crescimento da panificação no país sofreu grande variação ao longos dos anos avaliados.

Em 2007, o crescimento registrado foi de mais de 13%. A partir de 2013 começa a queda mais brusca: com um crescimento de 11,6% em 2012, esse número cai para 2,7% em 2015. Desde então, o índice de crescimento se mantém estável, com leve tendência de crescimento. Isso mostra que o mercado tem espaço e que já vem se recuperando da crise financeira. O percentual atual está em 2,8%.

Ticket médio e fluxo de clientes

O ticket médio e o fluxo de clientes são indicadores que mostram o desempenho financeiro do negócio sob a perspectiva de possibilidades de faturamento e aumento da demanda. No setor de panificação esses índices apresentaram grande variação entre os anos de 2013 e 2016, mas começaram a dar sinais de estabilização a partir do ano seguinte.

Enquanto o fluxo de cliente apresentou leve queda entre 2017 e 2018, o ticket médio teve crescimento de quase 4% no mesmo período. Isso indica que as padarias e confeitarias têm conseguido aumentar o volume de compras, mesmo diante da redução na quantidade de frequentadores dos estabelecimentos.

Produção própria e revenda

Outro dado interessante do cenário atual da panificação no Brasil é que a produção própria vem ganhando cada vez mais espaço na composição do faturamento do setor. Em 2012, os produtos de revenda eram responsáveis por mais de 45% do valor faturado, enquanto em 2018 essa fatia caiu para cerca de ⅓.

Essa análise evidencia a preferência do consumidor pelos itens específicos da padaria ou confeitaria, como pães, bolos, tortas etc. São produtos que ele não encontra em outros tipos de estabelecimentos, tais como supermercados (que não tenham padaria), restaurantes e lanchonetes.

Tendências do setor para os próximos anos

Analisar os resultados obtidos nos últimos anos é muito importante para entender como tem sido a evolução do setor, principalmente do ponto de vista econômico. Entretanto, para quem deseja investir em uma franquia de padaria, é essencial observar quais são as tendência de mercado para os próximos anos.

Listamos, abaixo, as mais relevantes de acordo com a ABIP.

Redução de mix e especialização

Antigamente, os consumidores exigiam que os estabelecimento tivessem o maior mix de produtos possível, para que ele encontrasse tudo em um só lugar. Porém, com a expansão da internet, eles têm uma facilidade muito maior de ter aquilo que precisam, muitas vezes até sem sair de casa.

Com isso, a exigência mudou. As lojas especializadas em um determinado nicho da confeitaria ganharam força e se tornaram sinônimo de qualidade, afinal elas são mais focadas no aprimoramento das receitas do que em buscar mais coisas para complementar a oferta de produtos.

Doces

Os doces são uma tendência que vai na contramão de uma outra mais evidente. Enquanto boa parte da população tem buscado uma alimentação mais pobre em carboidratos, principalmente os açúcares, outra parcela busca uma sensação de prazer e conforto na alimentação, proporcionada pelos doces.

Então, mesmo as pessoas que seguem algum tipo de dieta de restrição (que não seja por motivos de saúde, como alergias) procuram por casas especializadas em produtos como os doces portugueses e tortas geladas.

Produção própria

A industrialização da produção de alimentos trouxe praticidade para empresas e clientes, mas fez com que o gosto da comida se tornasse artificial. Diante disso, existe um grande movimento de pessoas que buscam, ao máximo, o consumo de produtos de fabricação artesanal e o uso de ingredientes naturais e frescos.

Por isso, a tendência é que as panificadoras passem a produzir cada vez mais suas receitas e adquirir cada vez menos produtos prontos ou pré-fabricados. Além de reduzir os custos com o pagamento de fornecedores, ela ainda pode elaborar produtos exclusivos, que agregam diferenciação de mercado.

A franquia de padaria

Antes de abrir uma franquia de padaria, é importante entender alguns conceitos que fazem parte desse universo, em especial, no que diz respeito ao processo de produção e ao modelo de negócio. Entenda melhor a seguir.

Processos de produção

O processo de produção representa a forma como os alimentos são fabricados e distribuídos aos clientes, sejam eles outras empresas, sejam os consumidores finais. Dessa forma, temos 3 formatos distintos que estão detalhados abaixo.

Industrial

O processo industrial é voltado para a relação B2B, ou seja, ele busca máxima capacidade produtiva para fornecer maiores volumes às empresas. Nesse nicho, estão as fabricantes de pães e bolos industriais, vendidos nas gôndolas de supermercados e mercadinhos de bairro.

Artesanal

A produção artesanal foca na qualidade do produto. O processo de fabricação envolve muito trabalho manual e dedicação dos profissionais da cozinha. Como resultado, esse tipo de empresa entrega alimentos mais saborosos e naturais. Em geral, fazem pouco ou nenhum uso de conservantes ou aditivos químicos e, por isso, são mais perecíveis.

Atendimento a supermercado

As padarias instaladas dentro dos supermercados têm uma particularidade em sua forma de produzir e entregar seus produtos. Assim como no formato artesanal, muitos produtos são feitas na própria cozinha do local, contudo não existe um direcionamento tão incisivo em relação à qualidade dos produtos.

São fabricações locais que visam atender ao mínimo necessário. Por isso, esse modelo de produção recorre aos pré-fabricados e ingredientes industrializados como base das receitas. Apesar de parecerem artesanais, muitos deles trazem um gosto artificial, principalmente nos recheios e coberturas de pães, bolos e tortas.

Modelo de negócio

O modelo de negócio representa a forma como a franquia de padaria ou confeitaria será conduzida no dia a dia. É ele o responsável por direcionar a tomada de decisão e determinar a forma como as atividades serão executadas pelos funcionários. Entre os principais estão:

  • tradicional: estabelecimentos comuns, com a oferta dos produtos mais procurados, como pães, bolos, salgados e tortas;
  • master: lojas maiores, que oferecem um grande mix de produtos e maior conveniência aos clientes;
  • gourmet: oferece produtos mais sofisticados, que atendam diversas refeições;
  • especializada: focada em apenas um segmento, atende a um público mais específico.

O perfil do investidor

Antes de assinar um contrato de franquia de padaria, o primeiro passo é entender quais são as características do perfil de investidor ideal para esse tipo de negócio, e se você as tem. Portanto, vamos conhecê-las.

Disponibilidade para dedicação em tempo integral

Cada tipo de empresa requer um nível de dedicação de seus proprietários. Existem franquias que não demandam tanto tempo em sua gestão, pois o tipo de produto permite que os próprios funcionários toquem o operacional sem grandes problemas.

Não é o caso da franquia de padaria. Ela requer uma atenção integral, pois o processo produtivo exige uma gestão mais próxima e atenta. Sendo assim, não se trata de algo para compor uma renda extra, e sim para se tornar a atividade profissional principal do franqueado.

Liderança e vocação para gestão de pessoas

O franqueado de uma rede de padarias precisa ter a liderança como um dos principais pontos de suas competências. Não necessariamente para saber “mandar” nas pessoas, mas para conseguir reagir com agilidade em determinadas situações e tomar as decisões mais acertadas.

Além disso, é fundamental que ele saiba lidar com pessoas. Ele precisa saber ouvir e dialogar abertamente, se comunicar com clareza e ser um líder inspirador. Tudo isso fará com que o ambiente de trabalho na padaria seja mais agradável e a produtividade do time seja maior.

Habilidades de gestão administrativa e financeira

Para investir em franquia e garantir um bom retorno do valor investido, o franqueado precisa ter ao menos uma noção de gestão administrativa e financeira. Não precisa ter formação acadêmica ou anos de experiência no assunto, mas é importante entender alguns conceitos básicos, tais como:

  • fluxo de caixa;
  • movimentação financeira;
  • planejamento financeiro;
  • composição de custos e despesas;
  • contas a pagar e a receber;
  • margem de lucro.

Conhecimentos básicos de legislação sanitária

Quando falamos de estabelecimentos do ramo alimentício, existe uma preocupação maior com as questões sanitárias do local. Por isso, a vigilância sanitária impõe regras que garantem a segurança alimentar da padaria e evitam problemas de contaminação e proliferação de pragas.

O ideal é que o franqueado se informe sobre a legislação vigente em sua cidade e entenda a sua importância. Ignorá-la de forma proposital ou não trará problemas muito maiores do que pequenas multas. É um risco à saúde dos clientes e funcionários!

Disposição para aprender

Por fim, a última característica do perfil do franqueado que deseja montar sua padaria é a disposição para aprender coisas novas. Como dissemos nos pontos anteriores, ter alguns conhecimentos mais técnicos e específicos são fundamentais para o sucesso e o desenvolvimento do negócio. Então, se a pessoa não os têm, ela precisa estar disposta a buscar por eles.

O franqueado não precisa virar um expert em tudo, mas o conhecimento básico de todos os processos ajuda a entender melhor o negócio e visualizar as necessidades de correções e possibilidades de melhorias. Inclusive, essa “fome de aprendizado” o ajuda a se manter sempre atualizado em relação às tendências do mercado.

A expansão das franquias de padaria

As franquias apresentaram uma importante expansão nos últimos anos. De a acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor de alimentação é o que apresenta o maior faturamento e apurou crescimento de quase 7,5% em 2018 quando comparado ao desempenho do ano anterior.

Em relação às franquias de padarias em específico, os dados do setor de panificação aliados aos da ABF mostram uma tendência de crescimento que vem se estabelecendo nos últimos anos. Além disso, a diversificação dos modelos de negócio proporcionou novas alternativas aos estabelecimentos tradicionais.

Diante disso a presença de mais de um estabelecimento na mesma região deixou de ser um problema na escolha do ponto comercial, visto que duas lojas podem oferecer produtos diferenciados ao mesmo público geral.

Sem falar na inclusão da oferta de serviços especializados, que geram novas formas de entregar os mesmos produtos, como as franquias itinerantes, os deliveries e os drive-thrus (sim, existem franquias de padaria nesse formato).

As empresas que cresceram com as franquias

Muitas marcas, depois de se tornarem franquias de alimentação, conseguiram crescer e se fortalecer no mercado. No setor mais específico da panificação, não é diferente. A cada dia uma nova proposta é desenvolvida e ganha a adesão dos consumidores.

Para ilustrar melhor, trouxemos 8 empresas que são destaques no cenário atual. Confira!

B.Lem Portuguese Bakery

A B.Lem é uma padaria especializada em receitas de origem portuguesa. Seu mix de produtos é bastante variado, com opções para o café da manhã, lanches e refeições. Além disso, também conta com produtos para eventos em empresas e alimentos ultracongelados.

Um importante diferencial da B.Lem é o compromisso de lançamento bimestral de novos produtos, para manter a rotatividade do cardápio. Assim, os clientes sempre têm motivos para se manterem mais frequentes na loja.

A franquia oferece 3 tipos de modelos de unidade: quiosque, loja em shopping e loja de rua. Todos eles têm um percentual de rentabilidade que gira em torno de 10% a 20%. Os valores para investir na marca são:

  • investimento total: entre R$ 200 mil e R$ 300 mil;
  • taxa de franquia: R$ 50 mil;
  • royalties: 4%;
  • faturamento médio mensal: de R$ 60 mil a R$ 250 mil;
  • prazo de retorno previsto: 24 a 36 meses.

Amor aos Pedaços

A rede Amor aos Pedaços é uma doceria que vende bolos, mousses, tortas, doces e salgados em geral. Em sua proposta os itens são vendido no quilo, de forma que o próprio cliente indica o tamanho do pedaço que pretende comprar.

Atualmente, a rede conta com mais de 60 lojas espalhadas pelo país e oferece diferentes modelos e tamanhos de unidades, desde lojas de rua a quiosques de 20m². Os principais números da franquia são:

  • investimento total: R$ 279 mil;
  • taxa de franquia: R$ 60 mil;
  • royalties: 43% das compras;
  • faturamento médio mensal: R$ 60 mil;
  • prazo de retorno previsto: 36 meses.

Uno&Due

A Uno&Due é uma rede de franquias que oferece 3 opções de formato de loja. O primeiro, é a padaria tradicional, mais voltado para o atendimento à bairros e público residencial. Nele, o mix de produtos é bastante amplo e variado, e o franqueado pode oferecer serviços como delivery e encomendas para pequenos eventos.

O segundo é o formato Padaria Express, no qual o atendimento é feito todo em balcão e requer menos espaço físico. Nessa opção, são oferecidos produtos que atendem diversas refeições ao longo do dia. Por fim, o formato Café é mais compacto e pode ser instalado até mesmo em quiosques em shoppings. São lojas nas quais os clientes buscam por opções mais rápidas e práticas de alimentação.

Veja os números da Uno&Due:

  • investimento total: entre R$ 480 mil e R$ 698 mil;
  • taxa de franquia: R$ 35 mil;
  • faturamento médio mensal: R$ R$ 170 mil;
  • prazo de retorno previsto: 30 meses.

Pão Express

A Pão Express é uma padaria no formato Drive Thru, ou seja, os clientes fazem suas compras sem saírem de seus carros. Esse modelo de atendimento já era bastante comum em outros tipos de estabelecimento do setor alimentício, e foi muito bem aceito pelo público de padarias. A marca foi criada em 2013 e se tornou uma franquia de padaria no ano seguinte.

Os dados sobre ela são:

  • investimento total: entre R$ 90 mil e R$ 150 mil;
  • faturamento médio mensal: de R$ 60 mil a R$ 80 mil;
  • prazo de retorno: de 16 a 24 meses.

Pão to Go

A Pão to Go é mais uma marca que traz 4 opções de modelos de lojas: Drive Thru, Conveniência, Boutique e Quiosque. Cada um deles se enquadra melhor em um tipo de local e demanda de público, bem como a verba disponível para o investimento no negócio.

Veja quais são os valores envolvidos para a abertura de uma unidade da marca:

  • investimento total: a partir de R$ 90 mil;
  • taxa de franquia: a partir de R$ 30 mil;
  • royalties: 5% sobre o faturamento bruto mensal;
  • faturamento médio mensal: de R$ 30 mil a R$ 60 mil;
  • prazo de retorno previsto: 24 meses.

Pão & Companhia

A Pão & Companhia é uma padaria no formato mais tradicional, que preza pela qualidade dos produtos. Toda a fabricação é realizada no local e não são utilizados ingredientes artificiais, como corantes e conservantes. É uma excelente opção para quem pretende atender um público mais exigente, que está disposto a pagar um pouco a mais pela garantia de qualidade.

Para abrir uma unidade da Pão & Companhia os valores são:

  • investimento total: R$ 500 mil;
  • taxa de franquia: R$ 50 mil;
  • royalties: 3% do faturamento;
  • prazo de retorno: 36 meses.

Das Brot

A Das Brot é uma marca de padaria especializada na comida Alemã. Os produtos são importados congelados e seguem um padrão de produção específico para garantir o máximo de autenticidade nas receitas do país de origem. A grande vantagem dessa rede é que ela não demanda mão de obra especializada, como padeiros e confeiteiros.

As informações financeiras da franquia da marca são:

  • investimento total: entre R$ 200 mil e R$ 350 mil;
  • taxa de franquia: R$ 50 mil;
  • royalties: 2%;
  • faturamento médio mensal: de R$ 75 mil a R$ 180 mil;
  • prazo de retorno previsto: 24 a 36 meses.

Padaria Brasileira

A Padaria Brasileira atua com um modelo tradicional de padaria e confeitaria. Possui um mix bastante variado de produtos de fabricação própria e conta com sua história de tradição e qualidade como principais pontos de diferenciação.

O valor médio de investimento total para a abertura de uma unidade é de R$ 360 mil, sendo que a taxa de abertura é de R$ 25 mil. A rede não divulga os demais dados, como previsão de faturamento e o retorno sobre o investimento.

 

Como vimos, existem inúmeras opções de negócios para você realizar seu sonho de se tornar um empreendedor de sucesso. O setor de franquia de padaria apresenta diversos benefícios e as perspectivas para os próximos anos são bastante favoráveis. Depois de ler este artigo, deu para perceber que investir nesse tipo de negócio vale muito a pena!

Compartilhe o artigo

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on facebook
Share on email
Share on twitter