franquiasrentaveisvocesabeidentificalas

Franquias rentáveis: Você sabe identificá-las?

Se seu objetivo é investir com segurança, as franquias rentáveis são uma excelente alternativa.

O mercado é promissor — só no 3º trimestre de 2018, de acordo com levantamento da ABF (Associação Brasileira de Franchising) o faturamento do franchising ultrapassou os R$ 44 bilhões — e a previsibilidade de lucros pode ser exatamente o que você está buscando.

Não basta, porém, embarcar de cabeça na oportunidade e negligenciar o processo de análise, que deve preceder a escolha da marca ideal.

Para garantir o acerto na hora da decisão e a rentabilidade da empresa, não deixe de conhecer profundamente as opções e de considerar o seu perfil gerencial.

Para que você possa entender um pouco mais sobre o assunto e, assim, tenha mais segurança para optar pela franquia mais adequada, preparamos um conteúdo especial.

No texto, você vai saber porque as franquias são ótimas opções de negócio, embora demandem uma certa dose de análise prévia.

Preparado? Boa leitura e bons insights!

Por que as franquias são uma excelente opção de investimento?

Abrir uma empresa é sempre um risco. Antes mesmo de começar a operar o novo negócio, o empreendedor deve ter a tranquilidade de dizer que avaliou exaustivamente as possibilidades.

Afinal, somente um planejamento consistente, precedido por uma extensa análise, é capaz de conferir mais segurança à empreitada.

Nesse contexto, as franquias despontam como excelentes opções e a possibilidade de gerir uma unidade de uma marca já consolidada não é o único atrativo desse tipo de investimento.

Para além da atratividade de mercado — que, pensando sob a ótica do consumidor, mede o grau em que determinada marca é desejada pelo público-alvo —, as franquias oferecem uma vasta gama de benefícios àqueles que desejam empreender, mas pretendem minimizar os riscos.

Um fluxo já estruturado de operações, por exemplo, é certamente um grande diferencial das franquias.

Ao adquirir uma unidade, não é preciso lidar com toda a burocracia envolvida na padronização de procedimentos, por exemplo.

Além disso, investimentos em marketing e publicidade institucional também costumam ficar sob a responsabilidade da franqueadora, contribuindo para fortalecer a marca em cenário nacional.

Já em âmbito local, o próprio franqueado deve fazer a divulgação de sua unidade.

Nesse ponto, porém, é fundamental que haja atenção redobrada. Nem sempre uma marca conhecida e já estabelecida no mercado, é a melhor opção em rentabilidade.

Muitas vezes, taxas escondidas ou baixa margem de lucro podem comprometer os rendimentos — e desanimar o empreendedor.   

Por que nem toda franquia famosa é a melhor opção para você?

Ficou claro, a essa altura, que franquias são uma ótima opção de investimento, certo?

Mas, muito embora haja diversas alternativas já conhecidas no mercado, nem sempre a mais famosa é a ideal para os objetivos e os anseios do empreendedor.

Na prática, a máxima é simples: nem toda franquia reconhecida, já com uma boa reputação no mercado, é investimento líquido certo.

Afinal, uma série de outras questões, que envolvem a adequação ao perfil de gestão e os desejos pessoais de lucratividade, são igualmente essenciais no momento de bater o martelo.

Listamos 3 das maiores redes de franquias do país para exemplificar.

Franquia Subway

A franquia Subway é um bom exemplo.

Presente no mundo inteiro e disputando um mercado complicado (o de alimentação em modelo fast food) a marca é bastante conhecida pelo público.

Os investimentos para abrir uma unidade, porém, são bastante altos. Em royalties e publicidade, o franqueado paga à franqueadora 12,5%, calculados com base no valor de vendas brutas (menos impostos sobre vendas).

O capital de giro médio — que é necessário à saúde da operação — fica em torno de R$ 30 mil.

Franquia O Boticário

Outro exemplo é a franquia O Boticário, uma das maiores e mais consolidadas redes de franquias do Brasil, operando no aquecido segmento de saúde e beleza.

Segundo informações recentes, o custo de uma loja da O Boticário fica em torno de R$ 510 mil e o capital de giro médio, necessário no momento da abertura, é de R$ 50 mil.

O prazo de retorno do investimento — que é quando, de fato, o empreendedor começa a lucrar com a empresa — varia de 18 a 36 meses.

Outro detalhe importante é que, atualmente, a restrição territorial da empresa em relação às novas lojas é bastante rigoroso: quando novas áreas são abertas, a prioridade é dos atuais franqueados.

Franquia Cacau Show

A franquia Cacau Show, por sua vez, é uma das franquias de chocolate mais famosas do Brasil.

A marca oferece diversos modelos de negócios — de distribuição à gelateria —, mas a loja tradicional requer um investimento inicial de mais ou menos R$ 160 mil, com prazo médio de retorno entre 18 e 24 meses.

A margem de lucro, porém, pode não ser das melhores: a franqueadora cobra 50% royalties sobre todas as compras que o franqueado realiza.

Embora sejam marcas conhecidas, em alguns casos, os altos custos de abertura, royalties e a dificuldade de encontrar boas praças para abrir uma unidade podem frear alguns candidatos à franqueados.

Isso, entretanto, não elimina as chances de abrir uma franquia rentável!

O mercado está repleto de boas opções e é possível realizar o sonho do próprio negócio sem correr riscos demais. 

Mas, afinal, como escolher a melhor franquia rentável?

O mercado atual é altamente competitivo e, para sobreviver a ele, os empreendedores precisam contar com os parceiros certos.

No caso da escolha de uma franquia — que é, sem dúvida, uma decisão complexa por si só —, essa certeza fica ainda mais evidente.

Por isso, ao contar com uma empresa especializada em análise de viabilidade, já com experiência em avaliação de oportunidades em franquias, o empreendedor tem mais segurança para ponderar os critérios que mais valoriza e, ao fim, fazer a escolha mais pertinente aos seus objetivos.

Neste processo, é comum que os candidatos a franqueados se deem conta de que outra empresa, ainda que menores, é a mais adequada aos seus desejos de faturamento e lucratividade.

Também aqui, o conhecimento de um expert no mercado faz toda a diferença para garantir a coerência e a lisura da transação de compra.

Assim, é fundamental que os empreendedores interessados em franquias se certifiquem de empresa escolhida seja, além de adequada aos propósitos individuais, também suficientemente rentável.

Para isso, é válido conversar com outros franqueados da mesma rede, verificar se os números divulgados são de fato coerentes e se as perspectivas de crescimento são atrativas.

Uma boa forma de analisar a pontuação de uma franquia, comparando-a com outras empresas, é consultar a avaliação da empresa em sites especializados.

O conteúdo foi útil e te rendeu ótimas reflexões? Excelente! Cumprimos com o nosso propósito.

Agora, aproveite e entenda como é possível identificar as franquias mais lucrativas do mercado.

Sucesso e até a próxima!

Compartilhe o artigo