Menu
confiraquaissaoosnegociosmaisrentaveispara2019

Confira quais são os negócios mais rentáveis para 2019!

Abrir um novo negócio exige planejamento. O mercado é desafiador e o empreendedor deve buscar a segurança e a consistência no momento de avaliar (e optar) por uma das oportunidades de negócios rentáveis. O processo de escolha é essencial para viabilizar os bons resultados corporativos e alavancar o sucesso da empresa.

O mercado está em constante evolução e as tendências de consumo dão margem a mudanças significativas no contexto empresarial. Há sempre a possibilidade de aproveitar uma nova demanda para montar um negócio capaz de atender às preferências em ascensão, gerando lucros expressivos.

Se você está procurando alternativas e deseja conhecer as particularidades dos negócios rentáveis, não deixe de ler o conteúdo até o fim! No post, você vai saber como reconhecer uma boa oportunidade e como saber que ela é a mais adequada ao seu perfil profissional.

Além disso, também vai ter acesso a uma lista valiosa de segmentos rentáveis e às principais tendências para o ano de 2019, começando a afunilar sua melhor escolha na jornada empreendedora.

Preparado? Vamos em frente e boa leitura!

Como reconhecer negócios rentáveis?

A concorrência é cada vez mais acirrada e é natural que os empreendedores fiquem apreensivos no momento de definir quais devem ser os rumos de seus negócios.

Para fazer frente a um mercado altamente competitivo, no qual as preferências de consumo se alteram a todo instante, é preciso se cercar de informações de qualidade.

Ao conhecer quais sãos os negócios mais rentáveis, por exemplo, o gestor pode analisar suas alternativas de forma mais segura e consistente, certificando-se de ponderar todas as variáveis que podem interferir (positiva ou negativamente) no sucesso de sua empresa.

É bem verdade que as boas oportunidades de negócio estão por toda a parte, à espera de alguém que consiga aproveitá-las de modo eficiente. Mas uma coisa é certa: a opção certa nem sempre vai se lançar à frente do empreendedor, caindo como uma luva nas pretensões dele.

É necessário valorizar o processo que antecede o funcionamento do negócio e que diz respeito ao planejamento completo da empresa. Uma das primeiras etapas é justamente o levantamento de alternativas e a avaliação da viabilidade de cada uma.

Reconhecer negócios rentáveis exige comprometimento e esforço. Essa missão demanda que, entre outras atividades paralelas, o empreendedor se mobilize para:

  • pesquisar o mercado, entendendo o que está em alta e o que tem perspectiva de crescimento;
  • pesquisar a concorrência, verificando quais são as melhores práticas e quais são as aberturas para diferenciais competitivos;
  • pesquisar o consumidor, identificando oportunidades de sanar demandas ainda pouco (ou mal) atendidas por empresas em atividade;
  • pesquisar a necessidade de investimento, assegurando que os recursos necessários à empreitada estejam disponíveis.

Somente ao priorizar um processo transparente e acurado de análise, focando em desvendar os mistérios do mercado e do consumidor, é possível estar atento aos negócios mais rentáveis, reconhecendo-os e aproveitando-os.

Quais são os segmentos mais rentáveis?

Embora o mercado esteja em constante mudança, alguns setores apresentam resultados perenes. Essa estabilidade pressupõe maturidade e, por isso, pode indicar que se tratam de bons ramos para investimentos.

Independentemente da tendência de ascensão para determinado segmento, porém, é importante que o empreendedor tenha afinidade com o negócio que escolher. De nada adianta surfar uma onda de alta demanda se, no dia a dia do negócio, houver dificuldade em entender a dinâmica do consumidor que procura pelo produto.

Um bom exemplo — que, por ser extremo, é bastante ilustrativo — é pensar em um vegetariano assumindo a gestão de uma churrascaria. Ainda que o ramo alimentício seja rentável e promissor, o confronto de posturas e crenças pode prejudicar a operação e os resultados da empresa em longo prazo.

Dessa forma, fica evidente que, antes de vasculhar as oportunidades, o empreendedor deve definir áreas de seu interesse — permanecendo aberto às descobertas que fará pelo caminho. Em seguida, é hora de explorar.

Alimentação alternativa

O número de pessoas que convive com alguma restrição alimentar ou que opta por cortar o consumo de determinados ingredientes (glúten e lactose, por exemplo) vem crescendo vertiginosamente.

Nos últimos anos, a busca por alimentação alternativa foi alta e a tendência é de que continue assim. Trata-se de uma ótima oportunidade para empreender.

Desenvolvimento de aplicativos

Os aplicativos são a revolução do dia a dia. Para cada tarefa, há uma tecnologia capaz de otimizar o tempo e os resultados. E esse parece ser só o começo.

O mercado de aplicativos se desenvolve a cada dia e sugere lucros expressivos para os que se dedicam ao lançamento de novos sistemas. Com a penetração dos smartphones, a demanda tende a se intensificar nos próximos anos.

Cosméticos

O segmento de saúde, beleza e bem-estar resiste a crises e continua apresentando bons números de crescimento e lucratividade. O empreendedor tem grandes chances de sucesso ao apostar na industrialização e/ou na comercialização de cosméticos.

Vale lembrar, ainda, que o mercado está em expansão: não só as mulheres são consumidoras cativas, mas os homens também têm demandado sua fatia de consumo.

Coworking

A economia compartilhada é uma tendência bastante forte — e o coworking acompanha esse deslocamento do mercado. Hoje, dividir o local de trabalho com outros profissionais ou empresas é uma opção bastante rentável.

Investir em coworking significa ter contato com diversos perfis profissionais e estar na dianteira de uma oportunidade que tem tudo para render excelentes retornos.

Pet

O segmento Pet é outro que não costuma sentir os impactos negativos da crise econômica. O faturamento da indústria assegura números muito atrativos: de acordo com a Abinpet, as indústrias faturaram R$18,9 milhões em 2017.

O empreendedor pode aproveitar a demanda crescente para oferecer inovações e encantar os consumidores mais fiéis. As perspectivas de retorno são boas — e podem render lucros significativos.

Quais são as principais tendências para 2019?

Tudo indica que o ano de 2019 é propício aos empreendedores que desejam aproveitar as tendências de mercado para aumentar a lucratividade de seus negócios.

Nesse contexto, as franquias despontam como a melhor alternativa para gestores que buscam retornos financeiros e não abrem mão da segurança de seus investimentos.

Alguns setores econômicos são especialmente atrativos no modelo de franquias, registrando crescimento expressivo e ótimas perspectivas de expansão. É o caso, por exemplo, dos segmentos de alimentação saudável — incluindo a alimentação alternativa — e beleza.

Além disso, as inovações em modelo de negócios também chegaram às franquias: os clubes de assinatura, que representam uma nova forma de atender às necessidades e aos desejos de consumo, também são possíveis no modelo de franquia.

Na prática, não seria exagerado dizer que os negócios rentáveis povoam o mercado e estão à espera de empreendedores que desejam alavancar seus resultados. E lembre-se: as franquias são sempre uma opção viável, segura e eficaz de lucrar.

O conteúdo motivou você a aprimorar sua jornada empreendedora e rendeu insights poderosos para as próximas etapas? Ótimo, nosso objetivo foi cumprido! Agora, que tal saber se você está investindo (ou pensando em investir) na franquia certa? Faça nosso quiz exclusivo para conferir!

Compartilhe o artigo

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on facebook
Share on email
Share on twitter