franquia-o-boticario

Franquia O Boticário

Perfumes e cosméticos, além de ótimos produtos para cuidar da beleza e da estética, são presentes sempre muito bem recebidos.

É nisso que aposta a franquia O Boticário, uma das maiores do país, tanto em tamanho como em qualidade.

O sistema de franquias existe para trazer benefícios para ambos os participantes.

O franqueador consegue alguém de competência para ajudar a expandir sua marca, e o franqueado que aceita essa iniciativa recebe todo o apoio de uma empresa consolidada.

EXCLUSIVO

Aprenda com Especialistas em Franquias

Faça como as mais de  19.418 pessoas que se beneficiaram com nossos conteúdos

Com reconhecimento do público e produtos consagrados para que seu investimento tenha uma chance ainda maior de ter sucesso.

A franquia boticário é um exemplo de excelência nessa iniciativa.

 

O Boticário

 

O Boticário abriu sua primeira loja em 1977 por Miguel Krigsner, em Curitiba, no Paraná.

A princípio, uma farmácia de manipulação, a loja contou com um pouco de sorte e aproveitou uma oportunidade aberta por um dos maiores empreendedores do Brasil, Sílvio Santos.

O empresário e apresentador sempre quis ter a sua linha de cosméticos, por isso, em 1979, comprou mais de 70 mil frascos de perfume para começar a iniciar sua linha.

Porém, pouco tempo depois, recebeu a licença para abrir a sua rede de televisão e suspendeu a ideia da perfumaria.

Os frascos então foram para um depósito e ficaram parados, até que Miguel pulou na oportunidade.

O movimento foi arriscado, pois, a sua loja até então era uma farmácia de manipulação, e ele era um químico, sem experiência e especialização no setor de perfumaria.

Mesmo assim, ele decidiu comprar todos os frascos.

A oportunidade se misturou com a sorte, e a amiga perfumista Maria Elizabeth Martins de Oliveira ajudou na concepção do Acqua Fresca.

O perfume se tornou um ícone da marca e é, até hoje, um dos maiores sucessos da franquia.

 

Visão e coragem

 

O início da história do O Boticário é um grande exemplo de que é preciso ter coragem e aproveitar as oportunidades que aparecem na sua frente.

Ela mostra também que um produto é composto por diversos aspectos.

O perfume, delicioso como é, precisou de um frasco que estivesse a sua altura.

O formato de ânfora se tornou icônico para a marca e para a franquia, e deixa clara a necessidade de uma apresentação exemplar.

São essas lições que o boticário aprendeu desde cedo, e que a franquia implementa durante toda a sua jornada.

 

E continua com muito sucesso

 

Após o lançamento do Acqua Fresca, a loja foi ligeiramente mudando de cara.

Os produtos de manipulação foram diminuindo, e a linha de perfumaria e cosméticos foi aumentando, até chegar ao modelo do Boticário atual.

Porém, a marca realmente explodiu por todo o Brasil quando foi aberta a segunda loja, no Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, também no Paraná.

A ideia de instalar a loja no aeroporto foi absolutamente genial, e pessoas de todo o Brasil passaram a ter contato com a marca e a levam para seus amigos e familiares após as viagens.

Esse boca a boca foi um dos maiores motivadores para o sucesso da marca.

Então, essa foi outra lição que o boticário aprendeu desde cedo e que aplica até hoje.

O boca a boca é uma ótima estratégia de marketing, e ter os clientes falando bem do seu produto, é uma das propagandas mais eficientes que ele pode ter.

De lá para cá, a Boticário passou a ser a líder no setor de cosméticos e perfumaria.

Isso porque a paixão pelo trabalho se dá em cada passo da produção, começando por laboratório e pesquisa, passando pelas fábricas e por toda a logística, até chegar no ponto de venda e na interação com os clientes.

O próximo passo lógico era abrir a franquia.

 

 

Como é a franquia Boticário?

 

A franquia Boticário segue o mesmo sucesso da marca.

São mais de 3.700 franquias em todo o Brasil, e a Boticário é líder do país no setor.

Além disso, segundo um levantamento da ABF, a Associação Brasileira de Franchising, o Boticário é a marca que mais tem unidades no Brasil, com 1.500 a mais do que o segundo colocado.

Esse sucesso no número de lojas se dá devido às opções oferecidas aos franqueados.

 

Os modelos de franquia

 

A franquia Boticário oferece dois modelos para os seus possíveis parceiros.

O mais tradicional é a loja, que precisa de um investimento inicial por volta de R$ 500.000.

A outra opção é o quiosque, que tem um investimento mínimo de R$ 105.000.

Esses valores são importantes para cobrir a construção do espaço e o capital de giro inicial.

Além disso, é recomendado que haja uma quantia extra de pelo menos R$ 50.000 para manter o estoque nos primeiros meses.

 

Tanto a loja física como o quiosque têm diversas opções de sub-modelos

 

Podem ser, por exemplo, loja de rua, em shoppings, hipermercados e outros.

As lojas de rua ainda são a opção mais procurada pelas franquias.

Segundo uma pesquisa da ABF, mais de 60% das franquias abertas seguem esse modelo.

Ele precisa de um pouco mais de cuidado e estudo, já que a movimentação de pessoas que circulam na área é determinante para o sucesso da loja.

Os shoppings e hipermercados também têm suas vantagens.

Naturalmente, são o contraponto às lojas de rua, ou seja, sempre tem uma grande movimentação de pessoas praticamente garantida.

Porém, o próprio shopping pode cobrar algumas taxas extras, e esse é um dos valores que irão determinar se o empreendimento vale a pena.

Por outro lado, são algumas das franquias que mais demandam dos franqueados.

Shoppings e hipermercados têm o seu ápice de movimentação geralmente aos fins de semana, o que significa que quem quiser ter sucesso provavelmente irá precisar sacrificar um pouco do seu tempo.

Não importa o que seja, para a loja, o espaço mínimo é 40 metros quadrados, sendo quatro para os quiosques, e ela sempre irá ser instalada de acordo com os parâmetros descritos no Manual da Franquia.

Porém, ela também será adaptada ao ponto de venda escolhido, que será avaliado pela empresa, de modo a garantir que irá haver público para ser atendido nas redondezas.

É importante fazer muito bem o estudo dessa área, já que a escolha do ponto de comercial é um dos maiores determinantes para a aprovação ou não da iniciativa.

Para isso, devem ser considerados aspectos como visibilidade, fluxo de pessoas, hábitos do público local e diversos outros.

 

Esse estudo de ponto comercial é muito importante, sempre

 

Um dos diferenciais da franquia O Boticário é que a marca não cobra taxa de franquia, que é o valor que a marca cobra para ceder os direitos ao franqueado.

O Boticário tem o foco total na venda de produtos que ela própria produz, portanto, quanto mais lojas venderem, melhor.

Já o retorno, na loja física, pode ser esperado de 18 a 36 meses.

O faturamento, que pode variar de acordo com o ponto de venda escolhido, fica em torno de 70 mil reais, com um lucro estimado de 8% a 10% das vendas totais mensais.

 

checklist-ponto-comercial-banner

 

O perfil do franqueado

 

Para se tornar o franqueado, é preciso atender a algumas características e seguir alguns passos.

O primeiro é se cadastrar no site da marca e fazer a aplicação como franqueado com algumas informações básicas.

Em seguida, a própria Boticário entra em contato para fazer os procedimentos necessários que culminam com a assinatura do contrato e com a entrega do Manual de Franquia.

Esse documento-chave irá conter todas as informações que você precisa para estabelecer a unidade.

Antes disso, é fundamental trabalhar com a Circular de Oferta de Franquia.

Esse documento é elaborado antes mesmo da assinatura do contrato, e servirá de apoio para garantir que o negócio irá seguir da melhor maneira possível.

Para aumentar as suas chances de aprovação, a própria marca destaca o perfil do parceiro ideal:

  • Identificação com o setor de cosméticos
  • Disponibilidade para engajamento com o negócio
  • Disponibilidade para participar de uma estrutura formada
  • Capacidade de investimento, como é necessário para qualquer franquia
  • Desejável graduação em administração de negócios
  • Alguma experiência prática em administração
  • Desejável pós-graduação em Gestão de Negócios ou Marketing

A marca adota esse perfil, visto que gerenciar uma franquia não é fácil.

Já discutimos aqui no Franquiaz que o franqueado não simplesmente recebe a loja nas mãos e não precisa fazer mais nada.

Pelo contrário, ele está abrindo o próprio negócio.

O sistema de franquias existe para que o franqueado não precise começar “do zero” e possa já abrir o seu investimento com uma marca forte e reconhecida, produtos que tem muita chance de vender bem, pois já são aceitos pelo público.

Por isso, a franquia Boticário tem muito a oferecer.

 

Os diferenciais da franquia Boticário

 

O franqueado precisa de uma marca forte e consolidada no mercado.

Por isso, a franquia O Boticário é uma incrível opção.

Isso fica claro nos números.

Uma pesquisa feita pela Officina Sophia, uma empresa de consultoria, avaliou as marcas mais amadas pelo brasileiro.

O Boticário ficou na 12ª posição, sendo a líder no setor dos cosméticos.

Vários fatores contribuem para esse reconhecimento.

Primeiramente, a qualidade indiscutível dos produtos.

Mas, além disso, O Boticário é uma empresa brasileira, que sempre irá receber muito apoio do público que gosta de prestigiar o produto nacional.

Além disso, a marca sempre foca em inovação e na relação com o consumidor, como é visto desde o início da sua história.

Essas são duas características que o franqueado precisa manter se quiser ter uma iniciativa.

Outro grande diferencial da marca é que grande parte dos produtos é de fabricação própria, fazendo com que os preços sejam mais vantajosos para os franqueados.

Aumentando ainda mais a possibilidade de lucros.

Já a franquia O Boticário segue o mesmo padrão de qualidade da marca.

 

Isso fica claro também nos prêmios

 

A ABF, Associação Brasileira de Franchising, todo ano divulga as franquias merecedoras do Selo de Excelência em Franchising, um prêmio dado às franquias de acordo com o seu desempenho.

Isso é medido por entrevistas com os franqueados, que indicam sua satisfação com pontos extremamente importantes como a capacidade de cumprimento do plano de negócios.

E é claro, da performance operacional e global da franquia.

A franquia Boticário se enquadra na categoria Master, para marcas que tem mais de 60 unidades e atuam no mercado há mais de 10 anos.

O Boticário já recebeu diversos selos nesta categoria, inclusive em 2018.

Isso porque, apesar de a maior responsabilidade da unidade ser para o franqueado, a marca disponibiliza diversas formas de ajudá-lo.

Ela, por exemplo, realiza o treinamento para os funcionários, que tem o número mínimo de seis por loja, além de ajudar a escolher o ponto de venda e a implementação da identidade visual.

 

Porque investir na franquia?

 

Além de toda a força da marca e do apoio da franquia Boticário, o investimento acaba sendo ainda melhor por se tratar de um segmento bem forte no Brasil e no mundo.

 

1. A força do setor

 

Primeiramente, é um setor que movimenta milhões.

O Brasil é, atualmente, o terceiro país do mundo que mais gasta com cosméticos, ficando apenas atrás do Japão e dos Estados Unidos, e esse número tende a ser cada vez melhor.

Estima-se inclusive, que o Brasil irá superar o Japão até 2020.

Na subcategoria de perfumes, a especialidade do Boticário, o Brasil já está nessa posição.

E esse crescimento não tem sinais de parar.

2017 foi um ano difícil para todo o país, de todos os setores, por conta da crise financeira.

Porém, mesmo assim, o setor de cosméticos apresentou bons resultados.

A ABIHPEC, Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal Perfumaria e Cosméticos, divulgou que o faturamento do setor em 2016 foi de R$ 45 bilhões.

E 2018 pode ser ainda melhor.

Não somente o Brasil está recuperando um pouco do fôlego econômico, mas eventos como o FCE Comestique, a maior feira do setor na América Latina, ocorrerão em São Paulo, significando mais um possível impulso para a indústria.

 

2. O grande público alvo

 

Mas, provavelmente, o maior motor para esse crescimento é o comportamento do próprio público.

O Boticário é uma empresa que atinge um público-alvo muito grande.

Mulheres, de todas as idades, usam produtos cosméticos e formam grande parte da base de consumidores.

Homens também fazem parte do público, notadamente em datas especiais como Dia das Mães e Dia dos Namorados, quando vão comprar presentes para as mulheres de suas vidas.

Porém, o paradigma do consumidor masculino está mudando.

Felizmente, o homem está cada vez mais preocupado com beleza e estética, por isso tem passado a ser um consumidor cada vez mais ativo de produtos desse setor, para uso próprio.

Conforme essa mentalidade for ficando mais forte, cada vez mais franquias como a Boticário terão acesso a público-alvo ainda maior.

Outro público que tem se tornado cada vez mais alvo do setor e da franquia são as classes C e D.

Graças à recuperação econômica e ao aumento geral da renda do país, esse público consegue ter acesso aos produtos.

Cabe ao franqueado e à franquia encontrar soluções para atrair esses novos públicos.

Por fim, um fator muito importante na percepção do público é o fato de que a Boticário é uma marca nacional.

O patriotismo é um grande motivador e os clientes sempre optam por apoiar uma marca que é nacional.

 

[ninja-inline id=3416]

 

3. O valor da marca Boticário

 

Um estudo de 2015 determinou o Boticário como a marca mais valiosa do setor de cosméticos.

A apuração foi feita pela empresa DOM Strategy Partners.

Isso é determinado pelo conceito de MVP ou Maior Valor Produzido, em que são avaliados 62 ativos estratégicos e como eles geram valor para os clientes, acionistas, funcionários e para a sociedade.

De lá para cá, a Boticário esteve sempre na primeira ou segunda posição, sendo que foi líder 4 vezes.

Esse valor fica claro também no crescimento financeiro.

Em 2017, por exemplo, a empresa cresceu 7,5% fechando o ano com uma receita bruta de R$ 12,7 bilhões de reais.

Em 2018, com a recuperação da crise, o crescimento pode ser ainda maior.

Isso porque a Boticário está sempre investindo no seu crescimento.

São cinco outras bandeiras além da marca com o nome da empresa, e em meados de 2018, a marca anunciou mais um investimento, a compra da Vult, fazendo com que a empresa domine 15% do setor de cosméticos.

Com ela, são diversas marcas que fazem parte da bandeira do grupo.

Com isso, a marca geral fica ainda mais forte, com mais presença no mercado e maior chance de atingir mais consumidores.

 

4. O crescimento do setor de franquias

 

Soma-se aos fatores acima o crescimento do setor das franquias, que é um investimento que vem ganhando ainda mais força no cenário da economia brasileira.

Essa é uma ótima opção para quem busca investir e abrir o próprio negócio, com mais chance de sucesso, sem precisar começar do zero.

Isso também é um aspecto que se reflete nos números.

O setor de franquias tem crescido a cada ano, e em 2017 não foi diferente.

O setor cresceu 7% em relação ao ano anterior, aumentando o seu rendimento total de R$ 150 bilhões para mais de R$ 160 bilhões.

Mesmo em tempo de crise, as franquias conseguem manter o sucesso.

Em 2018, com a economia brasileira tendendo a melhorar ainda mais, o crescimento pode ser até de 10%.

 

5. As vantagens das franquias

 

Além desse alto valor, e um bom crescimento para acompanhar, as franquias trazem mais algumas vantagens.

Uma delas é, como dito, a presença de uma marca poderosa.

Ficou bem claro que O Boticário é uma das marcas mais fortes do Brasil, especialmente do seu setor, por isso oferece uma presença bem forte no mercado.

Além disso, o franqueado conta com o apoio técnico da marca para ajudá-lo a administrar o negócio.

É claro que o trabalho fica por conta dele, mas a franquia, como o Boticário, presta ajuda no treinamento, por exemplo.

Contudo, um dos maiores destaques, e um dos maiores benefícios da franquia é a existência de um plano de negócios já consolidado.

Uma das maiores dificuldades de quem está abrindo o próprio negócio é não conseguir prever, ou planejar, tão bem qual é a melhor decisão de acordo com as situações sociais, políticas e econômicas do país.

A matriz corrige esse problema trazendo um plano, que comprovadamente funciona, em que o trabalho do investidor é colocar em prática e fazer mudanças pontuais de modo a garantir o melhor para cada situação.

 

A franquia Boticário

 

A franquia Boticário apresenta franco crescimento e uma incrível possibilidade de negócios.

A venda de perfumes no Brasil, por exemplo, representa mais da metade de todo esse comércio na América Latina.

O Boticário é a empresa líder desse mercado.

Por todas as métricas, a franquia é uma das mais valiosas no Brasil, especialmente do seu setor.

Ela vem investindo cada vez mais em soluções e opções para crescer e fazer com que seus franqueados tenham ótimas perspectivas de sucesso no futuro.

A oportunidade de gerenciar uma franquia da O Boticário combina um investimento que facilita bastante a vida do franqueador.

Por dar a ele todo o apoio e suporte que ele precisa, com uma marca extremamente poderosa e querida pelo povo brasileiro.

Com produtos consagrados que aumentam a chance de crescimento e sucesso da iniciativa.

Atualmente, o foco da marca é a estratégia de marketing para tornar o seu nome ainda mais conhecido por todo o Brasil.

Suas estratégias visam atrair um público mais jovem, com quem é muito difícil conversar.

 

Felizmente, a marca tem conseguido fazer isso com sucesso

 

O que posiciona novos franqueados para terem um bom público por bastante tempo.

Por isso e por todos os motivos citados acima, a franquia sempre está nas listas das mais rentáveis e, ao mesmo tempo, com maior potencial do Brasil.

Um feito impressionante especialmente para uma marca tão grande.

Então, antes de fazer o seu próximo investimento ou de abrir o próprio negócio, pense muito bem na franquia Boticário.

Veja como a combinação de uma marca bem forte com um modelo de franquia que funciona de maneira ideal, pode fazer dela o parceiro perfeito.

Compartilhe o artigo