Quanto custa uma franquia Subway?

Quanto custa uma franquia Subway?

Você sabe como abrir uma franquia do Subway? Conhecida como uma fábrica de abrir lojas, o Subway é uma excelente opção de negócio no ramo de alimentação. No Brasil desde 1993, a empresa conquistou o gosto dos clientes ao oferecer sanduíches de forma rápida e saudável. Hoje, existem mais de 900 unidades espalhadas pelo país.

Se você está buscando uma franquia para investir com alta taxa de crescimento e com uma marca forte no país e no mundo, pode se interessar em saber como é possível e como você deve agir para abrir uma franquia do Subway. Vamos lá?

Um pouco da história do Subway

Antes de saber como uma abrir uma franquia do Subway, é legal de saber que a história da rede começou em 1965, quando Fred DeLuca iniciou o empreendimento com a finalidade de arcar com os custos da faculdade. Com apenas mil dólares, DeLuca abriu sua primeira loja de sanduíches.

O dinheiro foi um empréstimo de um amigo da família e, quase dez anos depois, já existiam 16 lojas Subway no estado de Connecticut. Foi assim que, em 1974, teve início a rede de franquias do Subway. Hoje, a marca já conta com mais de 41.760 unidades pelo mundo inteiro.

A primeira loja inaugurada fora dos Estados Unidos foi na ilha de Bahrain, no Oriente Médio, em 1984. Uma das razões para o sucesso da empresa está no conceito defendido desde o início por DeLuca, que é venda de refeições leves e sem frituras. Sem contar que são oferecidos ingredientes frescos para que o cliente monte seu próprio sanduíche. Trata-se de uma prática conhecida como “have it your way”, que quer dizer em tradução livre “faça do seu jeito”.

Crescimento da franquia nos últimos anos

Apesar de ter chegado ao Brasil em 1993 e com mais de 30 anos de experiência no mercado internacional, a franquia não teve muita força no país: em 2002, existiam apenas 2 lojas em operação das 38 que foram inauguradas originalmente. Para recuperar a força da marca no país, foi necessário repensar a forma de atuação e adotar novas estratégias. O efeito foi positivo: de 2008 a 2018 a marca teve uma expansão impressionante, passando de 180 para 2.122 lojas. A expectativa é que nos próximos dois anos a rede alcance a marca de três mil unidades.

Com esse crescimento, o país passou a ocupar a quarta posição mundial em quantidade de unidades instaladas, ficando atrás apenas do Canadá, Reino Unido e Estados Unidos. E para garantir que a expansão continue, a empresa está investindo em matéria prima e suprimentos — inclusive mobiliário — de origem nacional. Assim, o preço fica mais barato, favorecendo a rede e os franqueados.

Modelos de franquias da Subway

A franquia Subway trabalha apenas com o modelo de loja restaurante. Ela pode estar localizada tanto na rua quanto em shoppings, cabendo ao franqueado escolher qual alternativa mais lhe convém. No entanto, o modelo de loja de rua representa atualmente 80% do total de unidades instaladas no Brasil.

Neste ano, um novo modelo de loja veio para se somar à expansão constante da franquia. Batizado de fresh forward, ele possui um layout diferenciado e que traz maior destaque de produtos. Além disso, em vez de utilizar os painéis e banners tradicionais, utiliza televisores. Outra novidade é a presença de totens digitais para atendimento nas lojas de rua.

Vantagens de investir em uma franquia Subway

Como todo negócio, apostar em uma franquia como Subway tem vantagens e desvantagens. Veja a seguir as vantagens que separamos e que mostram porque vale a pena investir nessa rede.

Modelo testado em diversos locais

O maior benefício de investir em uma franquia cujo modelo já foi testado em diversos locais é a vantagem competitiva, algo que o franqueado pode e deve tirar proveito. Isso também faz com que o risco de rejeição seja praticamente zero.

Além de já ter testado o mercado, a rede planejou sua expansão e conhece o perfil dos clientes, sendo portadora de informações pertinentes quanto ao processo de venda e produção.

Plano de negócio pré-definido

Quando uma pessoa vai montar um negócio do zero, um dos maiores desafios que ela tem é a incerteza. Isso não acontece quando ela decide montar uma franquia Subway, pois a rede já tem um planejamento de negócio definido e testado no mercado.

Com um modelo de negócio não só criado, mas em ação, o risco financeiro é menor e o empreendedor pode contar com um negócio que está no mercado há algum tempo e com produtos que já possuem fluxo de atração.

Marca reconhecida no Brasil e no mundo

Esse é um ponto bastante positivo. Investir em uma franquia do Subway significa fazer parte de uma marca consolidada e reconhecida no mundo todo. Isso também significa iniciar um negócio que já possui atração de fluxo, benchmarking interno, bom investimento na mídia e que está em melhoria contínua.

Sem contar que o franqueado pode contar com condições especiais de pagamentos, prazos mais atrativos e descontos nos preços, já que a rede Subway possui uma respeitável imagem financeira.

Apoio do franqueador

O suporte oferecido pela rede Subway é um dos melhores no mercado de franquias. Poder contar com isso no início de um negócio é uma grande vantagem. Além dos fundos de propaganda e marketing, de ter a força da marca ao seu favor e suporte até mesmo na escolha do ponto comercial e na seleção dos funcionários, o apoio de uma empresa experiente é um dos diferenciais de investir em uma franquia como essa.

Credibilidade garantida

Figurando atualmente como a rede de franquias com mais unidades no país, i Subway oferece aos seus franqueados algo muito importante no mercado: credibilidade. Como já foi dito, com um negócio já testado e aprovado, o risco de prejuízo é quase zero e, com o apoio do franqueador, o empresário tem todas as chances de ter sucesso.

Essa credibilidade certamente foi adquirida ao longo da trajetória da empresa, que possui uma imagem financeira impecável e já conseguiu se posicionar no mercado, sendo respeitada e bem vista no segmento da alimentação.

Desvantagens de investir em uma franquia Subway

Agora que você viu as vantagens de abrir uma franquia do Subway, veja alguns pontos desfavoráveis ao investir nesse tipo de negócio.

Pagamentos de taxas elevadas

Para montar uma franquia do Subway é preciso estar ciente que o pagamento de royalties é previsto em contrato. Isto é, para o empreendedor ter direito de gerir o negócio, deve arcar com alguns encargos, como os royalties, taxa de franquia e fundo de propaganda.

Todos os meses, independentemente de como o empreendimento esteja, o operador deve pagar um determinado valor. Para isso, recomenda-se ter um orçamento separado para lidar com esses pagamentos, até que o próprio negócio tenha o retorno financeiro esperado.

Dificuldade de encontrar bons pontos comerciais

A escolha do ponto comercial onde será instalada a loja não é decisão apenas do franqueado. Na verdade, ele pode até fazer sugestão, mas a palavra final é do franqueador que, antes de aprovar ou não, faz um estudo para comprovar se o local está adequado para abrigar o negócio.

Potencial de inovação limitado

Sabe-se que para investir em uma loja Subway é necessário seguir um padrão, já que as redes de franquias se caracterizam pela padronização de suas unidades. Isso significa que todas as lojas devem oferecer os mesmos produtos e possuir a mesma estrutura visual.

Sendo assim, se o empreendedor quiser inovar tanto em serviços quanto em produtos, colocando em prática ideias para incrementar o negócio, não será possível.

Falta de flexibilidade

Como há um padrão a ser seguido, as ações do franqueado sofrem controles constantes. Isso não acontece apenas com as franquias Subway, mas com várias redes semelhantes. Esse monitoramento é necessário para detectar falhas por parte do franqueado e para avaliar se está indo tudo bem do ponto de vista financeiro e contábil, se as operações estão de acordo com as obrigações acordadas em contrato.

Por um lado, esse controle configura também como vantagem, pois permite que, ao serem detectadas falhas, o suporte possa reorientar o negócio para o rumo certo.

Quanto custa investir em uma franquia Subway

O investimento inicial divulgado pela rede de franquias está em torno de R$ 447 mil, podendo chegar até os R$ 975 mil. A quantia exata vai depender do local escolhido e das dimensões da loja, já que o franqueador permite que o franqueado escolha entre instalações que vão de 40 m² até os 150 m².

Basicamente, os gastos com a franquia são:

  • investimento inicial: R$ 447 mil a 975 mil;
  • taxa de franquia: Entre R$ 12,5 mil e R$ 25 mil;
  • taxa de royalties: 8% do faturamento líquido;
  • taxa de publicidade: 4,5% do faturamento líquido;
  • capital de giro: Entre R$ 24 mil e 82,5 mil;
  • estoque inicial: R$ 23 mil;
  • equipamentos e mobília: 140 mil;
  • reformas: entre R$ 80 e R$ 110 mil;
  • faturamento médio mensal de uma unidade: por volta de R$ 80 mil;
  • prazo de retorno esperado: entre 24 e 36 meses;
  • margem de lucro sugerida: cerca 15% do faturamento bruto mensal;
  • número de funcionários: varia entre 8 e 12 pessoas.

Faturamento e o suporte oferecido pelo franqueador

O lucro médio mensal compreendido na margem citada é de pelo menos R$ 80 mil. Ademais, o prazo de retorno é frequentemente citado como uma das razões que torna a franquia atraente para novos investidores. Já o suporte oferecido pela rede começa no treinamento inicial, quando os padrões da empresa são apresentados para que sejam atendidos. Inclusive, eles auxiliam até mesmo na escolha do ponto comercial.

Para ter uma ideia, em 2002 a rede possuía apenas duas lojas no país e isso foi revertido quando a empresa apostou nos agentes de desenvolvimento, responsáveis por trabalhar junto com cada empreendedor para conquistar o melhor ponto de venda.

Sem contar que o empreendedor recebe até mesmo orientações na hora de fazer o recrutamento de funcionários. O suporte também oferece:

  • consultoria e suporte de campo;
  • fundo de marketing;
  • manuais de operação e padronização;
  • treinamentos iniciais e de reciclagem;
  • projeto arquitetônico;
  • know-how para a operação da unidade;
  • fundo de propaganda.

Dicas para abrir uma franquia Subway

Como acontece na maior parte das franqueadoras disponíveis no Brasil, é possível fazer um requerimento através do site oficial. Na sessão tradicional de “seja um franqueado”, o candidato preencherá um formulário com os seus dados.

Depois disso a sua proposta será analisada e, se aprovada, a empresa fará os primeiros contatos. Em um primeiro momento, ela irá oferecer mais informações sobre o modelo de negócios que pratica. Ainda será necessária uma entrevista antes de passar para a documentação e assinatura de contratos. A partir daí, é dado um prazo de até dois anos para a abertura da unidade.

De forma resumida, esse é o caminho para quem quer saber como abrir uma franquia do Subway. Entretanto, é importante tomar algumas decisões e atitudes antes fazer, de fato, a solicitação no site oficial. Mas antes disso, pesquise sobre o valor do investimento.

Sabe-se que a rede de franquias Subway é forte e possui uma marca consolidada no mercado, sendo uma boa opção de negócio para muitos empreendedores. No entanto, antes de considerar essa alternativa, é preciso pesquisar quanto investir. O franqueado precisar analisar se os valores que ele dispõe são suficientes para arcar com todas as taxas e encargos exigidos pelo franqueador.

Além disso, deve verificar se o empreendedor possui o perfil para o tipo de negócio. Ele gosta do ramo de alimentação? Está ciente que será necessário seguir os padrões impostos pelo franqueador? É dedicado e está disposto a acompanhar diariamente a loja? Por fim, tem espírito empreendedor para liderar um negócio que leva uma marca conhecida internacionalmente?

Essas são algumas questões a considerar antes de abrir uma loja do Subway. Como se trata de um investimento considerável, é preciso pensar em todos esses pontos antes de se tornar um franqueado.

Como falamos ao longo do texto, investir na rede de franquias Subway é uma oportunidade incrível de iniciar um empreendimento com presença de mercado e uma estrutura de negócio já montada.

E então, entendeu como abrir uma franquia do Subway? Caso contrário, deixe um comentário abaixo e compartilhe sua dúvida com a gente!

Compartilhe o artigo