Menu
Franquia de Alimentos

Franquias de Alimentos

As franquias de alimentos são preferência absoluta entre todos os empreendedores que desejam ingressar no mercado do franchising.

Um dos motivos por trás disso é o sucesso garantido que muitas marcas do setor possuem. Algo natural, já que encontramos as maiores franquias do mundo neste segmento.

A prosperidade e sucesso aqui se traduzem facilmente em números. No ano de 2018 a ABF registrou crescimento de 9,7% para a área no segundo trimestre.

Podemos citar ainda como atrativo o fato de que possuímos, literalmente, centenas de opções para os candidatos à franqueado. Você conhece os principais modelos de negócios disponíveis?

Venha conferir todas as possibilidades do setor mais lucrativo para se abrir uma unidade franqueada.

Há investimentos para todos os bolsos e perfis de empreendedor.

 

Franquias de Alimentos: oferecendo refeições ou vendendo produtos

 

O Brasil já possui mais de 25 mil unidades que se enquadram como franquia de alimentação. Muitas marcas neste grupo têm reconhecimento duradouro no mercado.

Os negócios do gênero possuem também uma variedade de formato bem grande. Existem as clássicas lojas nas praças de alimentação de shoppings, endereços de rua, quiosques e até localizações diferenciadas.

Exemplos do último caso são os condomínios, rodoviárias e centros comerciais ou médicos. Seja qual for a localização, o gênero de empreendimento mais conhecido e procurado é o fast food.

A refeição pré-montada e baseada em processos dinâmicos é um modelo de sucesso comprovado. Não obstante, podemos dividir o mercado de alimentos em dois grandes segmentos: as franquias de refeições e as de venda de produtos.

No primeiro é onde encontraremos o próprio fast food, além de restaurantes e outras formas de oferecimento de lanches. Dito de outra forma, temos aqui um negócio voltado para o serviço prestado.

> Artigo: As 7 melhores franquias de lanchonete

Os pedidos podem ser atendidos no local e (ou) através de delivery. Exemplos não faltam: McDonald’s, Subway, China in Box, Spoleto, Bob’s e assim por diante.

Já no segundo tópico encontram-se os empreendimentos que vendem produtos alimentícios, mas não refeições. Podem ser alimentos saudáveis, congelados, doces e muitas outras alternativas.

O que importa é que se trabalhará com um mix de produtos feito especialmente pela marca. A Cacau Show é um bom exemplo neste sentido.

 

Um ramo emergente e com perspectivas de crescimento: a alimentação saudável

 

Ao tratar sobre Franquias de Alimentos vale a pena fazermos um parêntese para falarmos especialmente desse segmento. A alimentação saudável, mais do que tendência, é reflexo dos hábitos de consumo modernos.

Cada vez mais a preocupação com a ingestão de pratos nutritivos e de qualidade está em pauta entre os consumidores.

Aqui podemos encontrar tanto o oferecimento de refeições, quanto a venda de produtos. Muitas são as marcas que já estão consolidadas na área.

Basta lembrarmos de Mundo Verde ou Terra Madre, que oferecem diferentes opções para atender à demanda por dietas mais equilibradas.

Para encerrar, é importante ter em vista que este é um tipo de empreendimento que tem muito apelo nas regiões urbanas.

 

Alguns segmentos a observar dentro do mercado alimentício

 

Para além de oferecer cardápios e produtos saudáveis, também devemos citar outras tendências da alimentação. Dentro do próprio gênero de quem busca por algo mais nutritivo e seguro há o segmento dos orgânicos.

Mas estas não são as únicas possibilidades. Há também as marcas que se distanciam do modelo tradicional de restaurante.

Tomando novamente as Franquias de Alimentos saudáveis como ponto de partida, uma destas alternativas são os produtos congelados.

Eles podem ser retirados na própria loja ou entregues através de delivery. As entregas a partir de aplicativos são uma forma rentável de se entrar no mercado.

Outros agentes do ramo alimentício apostam fortemente no modelo de microfranquias. Um tipo de investimento que vem atraindo cada vez mais empreendedores. Afinal, ele pode ser a porta de entrada no franchising e uma oportunidade única de crescimento.

Ficou interessado neste nicho? Então vale a pena ler o artigo que preparamos sobre o assunto. Neste link você confere o perfil das microfranquias brasileiras.

Em termos temáticos as possibilidades são infinitas. Creperias, pizzarias, comida étnica, frutos do mar e cafeterias são apenas algumas das opções.

 

As melhores franquias de alimentação do Brasil

 

Com tudo o que dissemos é importante lembrar o ranking das maiores empresas em atividade nos serviços alimentícios do país.

Marcas tradicionais ainda têm um papel de grande destaque, seja em número de unidades ou faturamento. Confira as principais franquias de alimentação no Brasil atualmente:

Existem também opções menores no mercado, ideais para quem é iniciante ou possui um capital mais modesto. Listamos a seguir alguns exemplos para quem busca por um investimento de menor proporção:

  • Nação Verde: investimento a partir de R$ 42.000;
  • Max Sushi: investimento a partir de R$ 49.500;
  • Los Mex: investimento a partir de R$ 75.000;
  • Akasa do Açaí: investimento a partir de R$ 80.001;
  • Loucos por coxinha: investimento a partir de R$ 95.000;
  • Casa da empada: investimento a partir de R$ 180.000.

Qual o perfil do franqueado que vai entrar neste nicho?

 

Se você pretende investir nas Franquias de Alimentos, em primeiro lugar, esteja preparado para trabalhar arduamente. Afinal, este é um dos ramos que mais exigem dedicação do gestor à frente de uma unidade. O grau de envolvimento quase sempre beira o integral.

Este é o ponto básico para se qualificar ao trabalho no setor. Em seguida temos as características individuais do franqueado. A capacidade de praticar uma boa gestão de pessoas é uma delas.

Possuir atenção a detalhes e aguentar uma intensidade operacional elevada é igualmente relevante. Lembre-se que servir bem ao cliente é uma arte que precisa de muita inspiração e transpiração.

 

Detalhes importantes para levar em conta e potencial de lucratividade

 

Este segmento é realmente o ideal para você? Neste caso, lembre-se de que a gestão de estoque, assim como os cuidados com higiene e limpeza merecem atenção especial.

Com relação à lucratividade, a média para as franquias de alimentos é em torno de 8% a 20%. Isto descontados os custos com insumos, operação e pessoal. Interessado em entrar no setor? Aproveite a grande variedade de opções e as perspectivas de retorno e estabilidade.

Mas não se esqueça: será preciso suar a camisa!

Compartilhe o artigo

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on facebook
Share on email
Share on twitter