Franquia virtual é melhor que franquia física?

Franquia Virtual

Qual é a melhor opção para você empreender? Uma franquia física ou virtual?

É impressionante como o mercado de franquias continua crescendo e se desenvolvendo a cada ano.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising, houve um crescimento em 2016 de 8,3% na receita.

Por esse motivo, as inovações não param de aparecer: as franquias virtuais surgem como nova possibilidade de investimento.

Mesmo com essa nova alternativa, precisamos compreender como funciona a franquia virtual e analisar se ela é um modelo de negócio que vale a pena investir e alcançar a liderança em vendas.

Neste post vamos ajudar você a compreender o que são as franquias virtuais e analisar seus prós e contras nos negócios. Boa leitura!

 

O que é uma franquia virtual?

A franquia virtual tem um modelo de funcionamento muito semelhante ao da franquia física. O franqueado conquista a licença do uso da marca da rede de franquia e consegue o suporte em know-how, divulgação e marketing e, além disso, também tem acesso a consultoria de gestão empresarial.

Como o franqueado não precisa começar uma empresa desde o início, ele se compromete a seguir todas as diretrizes de funcionalidade determinadas pela franquia, de acordo com todas as suas práticas originais.

Além disso, o franqueado ficará comprometido de pagar uma porcentagem de royalties sobre sua venda bruta, obedecendo aos critérios da Lei de Franchising (8.955/94).

A franquia virtual sai da loja física e tem como meio de consolidação a internet, procurando manter uma estrutura similar a estrutura física. Porém, é preciso reconhecer que a franquia virtual, assim como a física, precisa de uma gestão cuidadosa, atenta para uma boa visão de negócio e inteligência de mercado.

 

Como funciona esse modelo de negócio?

As franquias virtuais podem ser administradas de forma remota, sem a necessidade de um endereço ou estrutura física e seguem as mesmas normas que uma franquia física, de acordo com o sistema de franchising, regida pela Lei 8.955 de 15/12/1994.

A franquia online é regida pelas mesmas leis e enquadramentos organizacionais, mas dispõe de uma grande diferença que é a possibilidade do trabalho remoto. Veja alguns passos necessários para obtê-la:

 

Uso da marca

Antes de adquirir a franquia, o interessado precisa estudar a marca, analisar as obrigações do franchising e as características do negócio. Compreender esse perfil é essencial para que o empreendedor não invista em algo que não é compatível com seus ideais.

 

Transmissão de Know-how

Essa é uma das grandes vantagens, pois o franqueado terá acesso a uma metodologia já testada e comprovada. Assim, esse conjunto de conhecimentos da empresa, como fórmulas de investimento, informações, tecnologias e técnicas serão as vantagens que farão o seu negócio iniciar com toda a propensão para criar um boa competição no mercado e avançar com credibilidade.

 

Circular de Ofertas de Franquias — COF

O COF é um documento que traz todas as informações a respeito da franquia: comerciais, jurídicas, financeiras e, normalmente, o contrato ou o pré-contrato da franquia ficará anexado em alguns casos.

Esse documento é regido pelas franquias e deverá ser entregue, no mínimo, com 10 dias de antecedência a assinatura de qualquer documento ou transferência de valor.

Ao receber esse documento, analise o histórico da empresa, o jurídico financeiro, a descrição da franquia e os seus investimentos.

Para quem ela é recomendada?

A franquia online é recomendada para pessoas que tenham habilidade com investimentos e administração de conteúdos pela internet. É necessário ter um leque de conhecimento sobre esse campo online, afinal, é nele que estarão todas as formas de administração e gestão de clientes.

Portanto, a afinidade com marketing digital é algo inevitável e que precisa ser trabalhada, estudada e investida. Assim, as pessoas que são mais propensas para esse negócio são os publicitários ou os programadores com experiência em sistemas de informação ou conteúdo digital.

Quais suas vantagens?

A franquia virtual também tem suas vantagens. Listamos algumas para você, acompanhe!

Menor custo de investimento

Os valores iniciais são menores do que as franquias físicas, pois algumas despesas não são necessárias, como loja física, um maior grupo de colaboradores, alvará de funcionamento ou treinamento de equipes.

Outra vantagem é que a empresa já fica responsável por oferecer o desenvolvimento e a programação de site, normalmente.

Negócio já estabelecido

Sabe aquele trabalho cansativo de divulgação nas redes e nos sites? Nesse caso, não há a necessidade de se preocupar com essa questão, pois o investimento já é em uma marca consolidada pelo mercado e conhecida pelos seus consumidores.

Por isso, o franqueador estará na frente de muitos concorrentes, pois terá um grande leque de divulgação solidificado.

Qualidade no suporte

Não será preciso se preocupar em exagero com as campanhas de marketing ou suporte digital no site. A própria marca promoverá todas as ações para que seu empreendimento ganhe destaque e esteja acessível para o cliente. Você apenas terá que se adaptar de maneira fiel a todas as exigências.

Portanto, não será necessário que você faça pesquisas de mercado ou crie um extenso plano de negócios.

Quais desvantagens?

Apesar das franquias virtuais serem um ramo em crescimento, é necessário avaliar alguns aspectos muito importantes, pois o investimento nessa área requer cuidado, veja abaixo o porquê.

Pouca flexibilidade de administração

Apesar do know-how oferecido, os controles sobre as operações do franqueado são mais constantes e, por isso, diversas auditorias são feitas para verificar se as normas estão sendo cumpridas.

Caso o resultado das verificações seja negativo, tanto em relação à franquia ou ao franqueado, pode haver o risco de se perder o investimento.

Na franquia virtual não é necessário equipe?

Muitas pessoas acreditam que com uma franquia online será possível fazer o trabalho total em casa. Isso é um mito. Dependendo do tamanho da franquia e da complexidade do negócio, será preciso contratar colaboradores que realizarão o suporte em diversas atividades.

Além disso, pode ser necessário que algumas reuniões com clientes sejam marcadas para dar mais credibilidade à empresa, já que não haverá um endereço físico e fixo.

Retorno x Dedicação

Alguns empreendedores acreditam que com uma franquia online eles trabalharão menos e terão um maior retorno financeiro. Essa história pode levar muitas pessoas a se decepcionarem.

O sucesso de uma empresa depende da dedicação e da organização durante o trabalho. Para que o empreendimento dê certo, é necessário mais do que colocar uma página no ar, pois, no caso das empresas virtuais o marketing deve ser mais intenso e devem gerar acessos de qualidade por meio dos clientes.

Então, esse sucesso dependerá do foco e do esforço do empreendedor.

Quais cuidados ter no momento da decisão?

Para decidir entre uma franquia virtual ou física é necessário analisar o seu perfil de investimento. Em primeiro lugar, pesquise sobre a reputação e a confiabilidade da rede. E, por segundo, pense em você e no seu perfil empreendedor:

  • você tem agilidade com a internet e seus procedimentos de marketing digital?
  • Você conhece o mercado de sua região e conhece as preferências do seu consumidor?
  • Você tem disciplina e organização para investir em algo que não tenha necessariamente um horário fixo?

As franquias físicas ainda apresentam maior segurança e potencial de retorno para o investidor, por isso, o investimento nesse novo modelo virtual deve ser pensado e analisado em todas as proporções. Sendo assim, não deixe de conversar com empresários que têm franquias físicas para solucionar suas questões.

E se você ainda tem alguma dúvida ou gostaria de conhecer melhor as possibilidades de investimentos em franquias, entre em contato conosco!

Estamos disponíveis para trazer as melhores informações com o nosso Programa de Coaching | Empreendendo com Franquias. 

Receba nossos conteúdos

Cadastre-se e receba regularmente nossa newsletter com conteúdos relevantes sobre gestão e negócios.

Comentários

0 0 vote
Avaliação
Inscrever
Notificar
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimos conteúdos

Quais as funções de um gerente de Expansão?

Quais as funções de um gerente de Expansão?

Cuidar da expansão da rede é tarefa designada para o gerente ou consultor de expansão. E quem é este profissional, quais suas competências, habilidades e como deve fazer esta gestão? No texto abaixo resumimos quais as funções de um gerente de expansão, para ajudar você franqueador ou o próprio profissional que deseja assumir esta função.