busca-do-ponto-comercial

Como funciona a busca do ponto comercial de uma franquia

Para conseguir a abertura de uma unidade franqueada de uma marca, é preciso cumprir uma série de requisitos, entre eles escolher o ponto comercial ideal para a sua franquia.

Outro ponto é estar alinhado com os propósitos e valores da marca em questão, até dispor do capital necessário para o investimento inicial.

Afinal: quem escolhe esse ponto de venda?

É uma responsabilidade da franqueadora ou do franqueado?

EXCLUSIVO

Aprenda com Especialistas em Franquias

Faça como as mais de  19.418 pessoas que se beneficiaram com nossos conteúdos

É isso que vamos desvendar no artigo de hoje.

 

Missão do franqueado

 

A busca do ponto comercial ideal é uma das atribuições do franqueado, ou seja, de quem deseja empreender abrindo uma unidade de franquia.

Algumas marcas estabelecem pré-requisitos, como por exemplo, o tamanho que o estabelecimento precisa ter ou o seu formato (loja, quiosque…).

Mas quem deve encontrar o local ideal realmente é o franqueado.

O que algumas franquias têm feito é oferecer auxílio nessa etapa tão importante do processo, afinal, um bom ponto comercial também é de interesse da marca.

Esse auxílio se dá por meio de ferramentas de geomarketing que disponibilizam informações sobre o mercado em forma de mapas digitais.

As franquias que utilizam esse tipo de recurso podem orientar seus franqueados.

Até porque, quando a franqueadora estabelece um plano de expansão, ela determina quantas unidades quer abrir nos municípios em que deseja marcar presença.

Essa parte estratégica também influencia na busca do ponto comercial e, novamente, pode ser um suporte para o franqueado.

Os franqueados também podem definir o melhor local a partir do coaching, serviço em que um profissional especializado vai orientá-lo sobre como ter sucesso nesse formato de negócio.

 

[ninja-inline id=3416]

 

Perfil do público-alvo

 

Ao ir buscar o ponto de venda, esse é o primeiro elemento que o franqueado precisa ter em mente: quem é o público que eu desejo atrair?

Essa região tem um fluxo de pessoas compatíveis com esse perfil?

Os outros empreendimentos que existem ao redor buscam esse mesmo padrão?

Para escolher um lugar certeiro nesse ponto de vista, é indispensável realizar um estudo.

Investigar bem com a franquia, tentar desenhar a jornada de compra do cliente e levantar o comportamento dos consumidores.

Tudo isso vai ajudar a abrir a unidade em um local que tenha uma visibilidade interessante para o público desejado.

 

Estacionamento

 

Embora não seja obrigatório, escolher um ponto comercial com estacionamento (ou com espaço suficiente para construir um) sempre é um diferencial.

Hoje em dia, as pessoas precisam do máximo possível de praticidade no dia a dia.

Portanto, se estiverem resolvendo algo de carro, passarem na frente do estabelecimento e perceberem que não há como estacionar, as chances de parar por ali já diminuem bastante.

 

Acessibilidade

 

Outro ponto crucial é pensar nos clientes portadores de necessidades especiais.

Escolha um ponto de venda que ofereça essa acessibilidade ou que possa ser reformado para contemplar isso.

Não é uma questão apenas de ganhar mais uma fatia de público, mas também de responsabilidade social e busca por igualdade.

 

checklist-ponto-comercial-banner

 

Fácil acesso

 

Pontos comerciais que sejam em regiões mais centrais, próximos a outro estabelecimentos de produtos e serviços tendem a ser mais interessante.

Observe se é fácil para as pessoas chegarem ao local de diferentes formas: de carro, ônibus, metrô, caminhando.

 

Proximidade da concorrência

 

A ideia de abrir um ponto comercial próximo aos concorrentes é uma estratégia de marketing.

Isso cria polos segmentados então, quando o público precisar daquele produto ou serviço vai procurar diretamente na região onde as lojas se concentram.

Isso pode ser bastante positivo, especialmente na área de alimentação e cosméticos.

Só tome cuidado para não escolher um ponto de venda que seja próximo demais de outro da mesma marca, para que não concorram entre si.

 

Viabilidade financeira

 

Além de reunir todos esses requisitos, a busca do ponto comercial também deve considerar a viabilidade financeira.

Ou seja, se os custos de locação/compra e manutenção se encaixam no orçamento.

Essa avaliação exige bastante cautela, por isso, o coaching também é recomendado.

Se você não tomar cuidado nessa análise, pode acabar se comprometendo com uma dívida muito maior do que o seu orçamento permite e isso vai virar uma bola de neve.

Compartilhe o artigo