Menu
Franquia Terra Madre Orgânicos e Saudáveis

Franquia Terra Madre Orgânicos e Saudáveis

As franquias de produtos orgânicos têm crescido e se destacado no mercado cada vez mais. Isso acontece porque se alimentar bem se tornou uma preocupação nacional, não apenas no que diz respeito à própria saúde, mas também em relação às práticas ambientalmente sustentáveis de produção.

Dessa forma, é importante conhecer iniciativas como a da Terra Madre, que está presente no mercado desde 2014, mantendo o foco nos alimentos orgânicos e saudáveis. O seu mix de produtos e formato de negócio inovador são seus pontos de destaque.

Ficou curioso? Então, acompanhe este artigo até o final e aprenda mais sobre o mercado de alimentos orgânicos e saudáveis e veja como a franquia Terra Madre se tornou um grande sucesso do setor.

 

O mercado de alimentos orgânicos e saudáveis

 

O setor alimentício passa por uma fase de renovação. Enquanto no passado recente o preço e a velocidade eram as características mais prezadas, hoje em dia, outros fatores se tornaram mais importantes do que o econômico.

Graças à era do compartilhamento da informação, as pessoas têm mais consciência dos riscos de consumir alimentos com alta carga de agrotóxicos e como os processos tradicionais de plantio e criação de animais são danosos ao meio ambiente.

Assim surgiu o mercado de alimentos orgânicos e saudáveis.

 

Características básicas do setor

Para ser considerado orgânico, um alimento precisa atender a uma série de exigências desde a produção até a venda. Então, vamos começar entendendo quais são os principais aspectos que caracterizam esse setor. Acompanhe.

Pureza dos alimentos fornecidos aos consumidores

Na produção tradicional, os alimentos são tratados com produtos químicos que afetam sua composição e seu sabor. Isso acontece com as plantas e com os animais, como o gado, o frango e o porco. Todas essas substâncias ficam presentes nos alimentos e são transmitidas para as pessoas no momento da ingestão.

Por isso, os alimentos orgânicos são plantados com mais cuidados com o solo e sem o uso de agrotóxicos. No lugar deles, são usados compostos vegetais tanto no plantio quanto na ração dos animais que fornecem carne, leite e ovos.

 

Preocupação com os impactos causados ao meio ambiente

Os processos agropecuários modernos visam maximizar os lucros e a produção. Dessa forma, o uso de equipamentos e substâncias nocivas ao solo e ao meio ambiente como um todo se tornou um hábito bastante comum.

Na produção orgânica de alimentos, a preservação da natureza é o ponto principal do processo. Por isso, são utilizados adubos naturais, rações enriquecidas com alimentos orgânicos e um processo de plantio e criação de animais mais artesanal e manual.

 

Cuidado com a saúde dos trabalhadores

Além dos danos ao meio ambiente e aos consumidores, é muito importante lembrar que os trabalhadores que atuam no processo agropecuário tradicional estão em contato direto com as substâncias nocivas em seu dia a dia.

Seja no momento de misturar os produtos no adubo, seja na pulverização da lavoura ou até mesmo na hora de alimentar os animais. Cada um desses momentos é um ponto de contaminação que, em longo prazo, pode ocasionar doenças graves, como o câncer.

Sendo assim, além de preservar a saúde dos trabalhadores do campo, a prática do cultivo e produção orgânica melhora a imagem do produtor perante a sua comunidade.

 

Públicos atendidos

Qualquer pessoa pode adotar uma alimentação saudável por meio do consumo de alimentos orgânicos. Logo, o público atendido por esse tipo de produto é bastante extenso. Contudo, existem três segmentos que são mais atraídos e que merecem uma atenção especial, como veremos a seguir.

 

Pessoas com alergias e restrições alimentares

O mercado de alimentos com restrições tem ganhado destaque nos últimos anos. Não se trata de um público novo, mas sim uma parcela da população que sempre existiu, mas que não recebia o devido cuidado que precisam.

Fazem parte desse grupo as pessoas que apresentam algum tipo de restrição alimentar que as impedem de consumir produtos que tenham determinados ingredientes em sua composição. Os mais comuns são:

  • celíacos (pessoas que não conseguem digerir o glúten);
  • intolerantes à lactose;
  • alérgicos à proteína do leite;
  • diabéticos.

A alimentação orgânica é perfeitamente capaz de suprir as necessidades nutricionais desse público, respeitando suas limitações.

 

Público vegetariano e vegano

O veganismo é mais do que uma opção de restrição alimentar, trata-se de uma filosofia de vida, relacionada a um propósito muito maior. As pessoas veganas e vegetarianas buscam um equilíbrio maior com a natureza e prezam o respeito ao direito dos animais.

Em relação aos vegetais, o processo de produção orgânica atende perfeitamente às exigências de ambos os grupos. Entretanto, os veganos são mais rigorosos e não consomem nenhum produto de origem animal.

Nesses casos, existe a restrição em relação às carnes, leite, ovos e mel, por exemplo.

 

Pessoas em busca de uma alimentação mais saudável

As pessoas que não têm nenhum tipo de restrição alimentar também são atraídas pela proposta de uma alimentação mais saudável por meio de produtos orgânicos. Elas podem estar em busca de emagrecimento ou melhorias em índices como pressão arterial, glicose e colesterol.

Seja qual for o objetivo, existem opções orgânicas gostosas e de alta qualidade nutricional para todos eles. É um segmento que tem ganhado muitos adeptos e que mostra uma tendência muito forte de crescimento para os próximos anos.

 

Dados mercadológicos do setor

O estudo de tendências globais em alimentos e bebidas feito pela agência de inteligência de mercado Mintel, revela que cada vez mais as pessoas estão dispostas a pagar um pouco mais caro por um produto mais saudável e sustentável.

Isso se reflete no mercado. Atualmente, cerca de 20% das franquias do segmento de alimentação, focam no mercado de orgânicos, naturais e saudáveis. Há quem duvide que esse negócio seja sustentável, mas os números não mentem.

Em 2016, o rendimento foi de mais de R$ 90 bilhões e os números de participação desse setor no mercado vem apenas crescendo. Cuidar da saúde não é moda.

 

A Terra Madre Orgânicos e Saudáveis

A franquia Terra Madre é um exemplo de como esse setor de franquia de produtos orgânicos tem se tornado forte e de como a preocupação com a saúde afeta a todos.

 

Como surgiu a franquia?

 

A história da concepção da marca é muito parecida com outras. Leila Oda, diretora e fundadora da empresa, percebeu a dificuldade em encontrar produtos orgânicos, especialmente longe das grandes metrópoles.

Esse obstáculo se tornou uma inspiração e, em 2014, ela viu a oportunidade de abrir o empório especializado nos alimentos saudáveis, em Goiânia. Com isso, ela passou a atender diversos públicos, com vários tipos de produtos.

A proposta de Leila sempre foi a de vender alimentos “sem agrotóxicos, sem produtos químicos e com um cultivo sustentável. A empresa acredita firmemente na mensagem de que uma alimentação saudável é fundamental para a qualidade de vida.”

Por isso, o mix de produtos é bastante diversificado, incluindo uma seleção de alimentos que atendem às pessoas com dietas restritivas, bem como veganos e integrais.

Dizer que a aposta deu certo é pouco. Atualmente a marca possui 15 lojas abertas, com planos de abrir mais 10 unidades franqueadas até o final de 2019, além de oferecer mais de 2500 produtos disponíveis.

 

Quais são seus diferenciais?

 

Desde sua concepção como negócio, a franquia era a forma como a empresa visualizava o crescimento e, como está claro pelo número de lojas, essa aposta foi correta. Cada unidade tem alguns produtos específicos, respeitando a localidade de cada região e a sazonalidade, mas o cuidado é sempre o mesmo.

De acordo com a fundadora, a paixão é o combustível do trabalho bem-feito. Logo, como em toda franquia, é preciso muito trabalho para que haja sucesso e certa identificação com a marca e a sua missão. Entretanto a marca apresenta diferenciais importantes que justificam seus resultados sempre tão positivos. Vamos conhecê-los a seguir.

 

Alto nível de exigência dos produtos

O primeiro ponto de destaque da rede de franquias Terra Madre é a preocupação com a qualidade dos produtos oferecidos. Por isso, os fornecedores passam por um processo de verificação bastante criterioso, no qual é exigido, entre outras coisas, o selo orgânico federal. Além disso, os gerentes fazem visitas pessoais para garantir a qualidade.

O comprometimento da marca em garantir a qualidade e a boa procedência dos produtos vendidos nas unidades é muito claro. Sendo assim, participar da franquia requer fôlego e disposição do franqueado em seguir nesse mesmo compromisso.

 

Feirinha de orgânicos e saudáveis

O principal diferencial da Franquia Terra Madre em relação às demais do mesmo setor é a feirinha de orgânicos e saudáveis que fica instalada dentro das lojas. Mais do que uma forma de comércio, essa prática tem o objetivo de proporcionar a nostalgia das feiras de antigamente. O público adora e o engajamento com a atividade é alto.

Nessas feirinhas são expostos os alimentos in natura, tais como frutas, verduras e legumes. Os clientes podem escolher os produtos que mais gostarem e fazer suas compras no formato a granel. Para os adeptos da redução de produção de resíduos, essa opção é ainda mais atrativa, já que as compras podem ser feitas em sacolas ecológicas.

 

Cantinho da conveniência

Outra característica interessante das lojas é o Cantinho da Conveniência. Nesse espaço ficam os produtos prontos para o consumo, tais como bolos, tortas, doces, salgados e sucos. Funciona como uma lanchonete comum, mas oferece apenas opções saudáveis de refeições que podem ser consumidas ali mesmo.

Esse é um serviço que faz muita falta para quem precisa fazer um lanche rápido no meio do dia, mas quer comer bem. São poucas as marcas que têm esse tipo de preocupação em relação à alimentação orgânica. A maioria foca ou na venda dos produtos ou na oferta de lanches prontos e espaço para saborear uma refeição.

 

Quais as vantagens de se tornar um franqueado Terra Madre?

 

Até aqui, já deu para perceber que a franquia Terra Madre de orgânicos e saudáveis é uma excelente opção de negócio. Contudo, é importante destacar as vantagens que o franqueado tem ao escolher a marca para ingressar nesse mercado. Confira.

 

Contar com as facilidades de uma franquia

O modelo de franquia é baseado em algumas premissas que trazem diversas vantagens ao empreendedor. Por meio desse tipo de contrato, o franqueado recebe todo o modelo do negócio pronto e validado no mercado. Todos os procedimentos operacionais fazem parte do conhecimento que integra o pacote.

As questões que envolvem a divulgação da marca e os investimentos em modernização e melhoria dos processos ficam a cargo do franqueador. Sendo assim, basta pagar as taxas estabelecidas no acordo (que detalharemos mais adiante) e se preocupar apenas com a gestão operacional da loja.

 

Contribuir com a melhoria da saúde de sua comunidade

Vivemos em uma sociedade que anseia por iniciativas que contribuam com a saúde e o bem-estar de todos. Ao abrir uma loja de alimentação saudável, você levará todos os benefícios que ela proporciona para dentro da sua comunidade.

Com isso, uma barreira de distância e inacessibilidade é quebrada e as pessoas próximas terão a oportunidade de seguirem um caminho melhor, que cuida da própria saúde e respeita o meio ambiente como um todo.

 

Abrir um negócio em um setor promissor

Como dissemos neste artigo, o setor de alimentação orgânica e saudável é um dos mais promissores da atualidade. Ele vem apresentando crescimento, mesmo diante da crise econômica que se abateu recentemente sobre o país.

Logo, pensando nas questões financeiras, trata-se de uma excelente oportunidade de negócio, com grandes chances de crescimento e boa rentabilidade.

 

O que é preciso para abrir uma unidade?

Para se tornar um franqueado da Terra Madre a primeira coisa é se identificar com a proposta do negócio e estar disposto a se dedicar bastante. Além disso, é importante conhecer alguns números que a marca apresenta, tais como:

  • investimento total: entre R$ 230 mil e R$ 310 mil;
  • taxa de royalties: 5%;
  • faturamento médio mensal: R$ 120 mil a R$ 300 mil;
  • rentabilidade: 12% a 17%;
  • retorno do investimento: 24 a 36 meses;
  • taxa de franquia: R$ 42 mil;
  • fundo de marketing: 1%
  • número de funcionários: 2 a 5
  • espaço da loja: 50 a 300 m²

Como você pôde ver, o investimento em uma franquia de produtos orgânicos é uma alternativa bastante rentável para ingressar no mundo do empreendedorismo. O setor apresenta tendências favoráveis e a proposta de valor contribui com melhorias na sociedade como um todo.

A Terra Madre acredita que os produtos saudáveis são a principal solução para que as pessoas vivam melhor. Acredite também, se torne franqueado e cresça junto com a marca! Entre em contato conosco e saiba mais!

Compartilhe o artigo

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on facebook
Share on email
Share on twitter