Franquia Clube Melissa

Franquia Clube Melissa

Se há uma marca que teve presença garantida nos pés das mulheres brasileiras nas últimas décadas, esta é a franquia Clube Melissa.

Desde os modelos infantis até os adultos, o calçado de plástico com cheiro característico é um grande sucesso nacional.

A franquia Clube Melissa, por vezes, é encarada como verdadeira paixão pelos consumidores.

Sua popularidade é tamanha que as compradoras mais fiéis já foram apelidadas de “melisseiras” na internet.

Nas palavras da própria marca, a Melissa é mais do que um sapato.

Assim como o seu Clube é muito mais do que uma loja, trazendo moda, arte e design.

Além, é claro, de um cheiro que desperta memórias.

Falamos aqui de uma tradição que está chegando perto dos quarenta anos de idade!

Há, literalmente, gerações sendo calçadas por essa empresa brasileira.

Ela já esteve presente até mesmo nas novelas mais famosas do país em outras épocas.

Com tudo isso, não demorou para que a Melissa se internacionalizasse também.

Apesar disso, foi apenas em 2012 que a primeira loja exclusiva da marca foi aberta em outro país.

 

O sucesso da Melissa

 

O mercado de calçados femininos é particularmente lucrativo no Brasil.

E mesmo que desconsiderássemos este fato, ainda seria uma área segura para uma empresa atuar.

Possuir um calçado é, afinal, uma necessidade.

São produtos que utilizamos todos os dias, o que naturalmente gera o seu desgaste.

Com isso, sempre estamos comprando mais sapatos.

Fato que não precisa ocorrer apenas por necessidade, é claro.

Pois, com frequência, o motivo para a compra é simplesmente estético ou relativo à moda da estação.

No caso da Melissa, a estabilidade e sucesso também estão ligados ao grande público que ela consegue atender.

Pois os seus modelos servem do público infantil ao adulto.

São produtos que não dispensam um cuidado especial com o conforto, sem que percam, com isso, em quesito de estilo.

Não menos importante para o sucesso da empresa, é o fato de que os seus calçados são acessíveis.

Ainda que a marca apresente alguns modelos especiais e comemorativos, o fato é que o público que ela consegue atender é vasto em muitos sentidos.

Vamos conhecer um pouco mais a história deste empreendimento?

 

História da marca

 

A Melissa foi criada no Brasil em 1979.

Esta linha de sandálias a base de plástico foi desenvolvida pela empresa Grendene, criada pelo empresário Pedro Grendene Bartelle, no Rio Grande do Sul, em 1971.

Foi o próprio Grendene quem teve o insight para o modelo inaugural da marca.

Inspirado pelos calçados dos pescadores da Riviera Francesa, surgiu o modelo aranha.

Este produto, que hoje leva apenas 26 segundos para ser fabricado, foi sucesso imediato no país.

Apenas nos primeiros 60 dias, as vendas chegaram a aproximadamente 200 mil pares.

Ao longo do ano, a empresa atingiu a marca de 25 milhões de unidades vendidas.

Ainda hoje, este é um dos calçados mais procurados nas lojas.

Nos últimos 10 anos, a empresa afirma que 32 milhões de pares foram fabricados.

Esta sandália, que passou pelos pés de praticamente todas as gerações de meninas brasileiras, pode ser encontrada em mais de 70 países.

O sucesso inicial foi também fruto da campanha de marketing feita na época de lançamento do produto.

A nova linha de sandálias apareceu nos pés de Sônia Braga, que protagonizava, então, a novela Dancing Days.

Com isso, a Melissa foi a primeira marca brasileira a fazer merchandising em uma novela.

Ainda hoje há quem lembre-se da combinação do calçado com as meias de lurex, ao som de As Frenéticas.

 

Relembre alguns sucessos

 

Outro fator determinante para a popularização das Melissas foram as coleções colaborativas.

Nisso a empresa foi pioneira, sendo uma das primeiras do mundo a investir nesta estratégia criativa. Relembre alguns sucessos deste gênero:

  • 1983 – Neste ano, surgiu a primeira colaboração. O ícone de peso, Jean-Paul Gaultier, foi o escolhido. O estilista francês é conhecido mundialmente por suas peças excêntricas e de vanguarda.
  • 2002 – Uma colaboração para lá de brasileira acontece com o artista Romero Britto.
  • 2004 – A parceria com os irmãos Campana levou o design brasileiro para o resto do mundo. Este foi também o ano em que a empresa comemorou 25 anos. Na campanha Plastic.o.rama ,o clássico modelo aranha foi reinterpretado por 100 pessoas. Entre elas, o estilista Alexandre Herchcovitch, e o publicitário, Washington Olivetto. Este trabalho rendeu um livro e também uma exposição no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.
  • 2008 – Com o conceito “plastic meets punk”, a Melissa lança criações de uma das estilistas mais respeitadas do mundo: Vivienne Westwood.
  • 2010 – Mais uma parceria com um pé na arquitetura, este foi o ano em que Zaha Hadid calçou as brasileiras.
  • 2013 – O célebre estilista, Karl Lagerfeld, diretor criativo da Chanel, assina uma coleção exclusiva para a marca.

 

Quais são as vantagens de uma franquia Clube Melissa?

 

Com este breve resumo da história da Melissa, não se pode duvidar do sucesso e tradição que a marca possui.

Atualmente, são mais de 180 lojas espalhadas pelo país.

Para quem começa a se interessar em uma franquia destes calçados, vale conhecer quais são as vantagens oferecidas.

Esta é uma das questões mais importante para quem planeja empreender no franchising.

Podemos adiantar, com relação a este caso específico, um grande benefício.

É o fato de que a Melissa está inserida no mercado de calçados.

O Brasil se encontra entre os três maiores produtores de calçados do mundo.

Vestir os pés dos 207 milhões de pessoas que compõem a nossa população é um negócio lucrativo.

A despeito disso, a franquia Clube Melissa também possui vantagens próprias para agregar aos franqueados.

São detalhes que cobrem da assistência para escolher o ponto comercial, ao treinamento necessário para boa operação da loja.

A seguir estão listados os principais benefícios que a empresa oferece de forma exclusiva aos seus colaboradores.

 

Assistência para escolha do melhor ponto comercial

 

Sabemos que o local de operação de uma loja é fundamental para o seu sucesso posterior.

Para muitos franqueados, escolher um ponto comercial sem a ajuda da franqueadora é uma tarefa gigantesca.

Outro problema é que o poder de negociação do empreendedor sozinho não é tão grande.

Isso pode prejudicá-lo na hora de conquistar o melhor local para o negócio.

Ciente deste fato, a Melissa oferece toda a orientação para escolha do ponto comercial da unidade franqueada.

O trabalho é feito de modo a escolher localidades que aproximem a loja do seu público-alvo e buscando evitar conflitos diretos com as concorrentes.

Tudo é feito de modo a maximizar as chances de sucesso da unidade.

Para realizar esta orientação, os representantes da marca fazem uma visita à cidade em que será aberta a franquia.

A partir disso, é feito um estudo aprofundado da região.

Tudo isto para oferecer ao investidor as melhores opções de ponto para instalar a nova loja.

A ajuda pode se estender, ainda, às negociações com estabelecimentos, como os Shopping Centers.

 

Estudo de viabilidade financeira

 

Há muitas questões financeiras com o qual o franqueado deverá tratar.

Mesmo quem tem experiência administrativa pode ver-se um pouco confuso diante deste processo.

O estudo de viabilidade financeira é o levantamento que aponta se o novo empreendimento poderá se tornar lucrativo.

Nele, é feita uma projeção do negócio no mercado para averiguar a segurança do investimento.

Para ajudar neste processo que envolve matemática e estudos mercadológicos complexos, a Melissa oferece ajuda especial.

O estudo que a empresa disponibiliza tem função de garantia para ambas as partes.

Afinal, a marca está tão interessada quanto o franqueado em fazer com que a unidade seja um sucesso comercial.

Este levantamento e análise de dados vai ser, inclusive, um suporte para a escolha do melhor ponto comercial.

Todos estes cuidados prévios vão evitar que, por alguma razão, a unidade deixe de vingar.

Além destas assistências preliminares, a franqueadora também possui serviços para quando a execução começa a se tornar uma realidade.

 

Oferecimento de projeto arquitetônico exclusivo

 

Para uma empresa que inova no design dos calçados e elaborou inúmeras colaborações com arquitetos e designers, a aparência das lojas também importa.

É por isso que a decoração e composição do espaço do Clube Melissa ganha uma atenção especial.

Este é um processo comum em marcas que têm forte apelo visual.

Com o intuito de respeitar esta identidade única, a organização ajuda na composição e decoração das futuras unidades.

Além de apresentar o ar despojado e inovador característicos, o ambiente deve ser moderno e confortável para o consumidor.

Basicamente, é um espaço que traduz os valores que são encontrados nos seus calçados.

Assim, é disponibilizada uma equipe de especialistas que irá tratar de desenvolver o projeto arquitetônico da franquia.

Cada unidade apresenta exclusividade neste projeto.

Então, mesmo dentro da padronização, é concedida identidade particular para cada loja.

Resolvida a parte visual do empreendimento, é hora de tratar da operacionalização do local.

 

Assistência operacional para o franqueado

 

Uma empresa com tamanha história, evidentemente, carrega um padrão que deve ser mantido pelos franqueados.

É por isso que, antes mesmo de iniciar as atividades de uma franquia Melissa, há uma orientação de cuidados a tomar.

As questões tratadas devem se relacionar aos tópicos de manutenção e operacionalização da nova loja.

O administrador do ponto ficará sabendo neste processo como lidar com a obra e futura aquisição de móveis.

Também são passadas as instruções que serão importantes no armazenamento e exposição de produtos.

Detalhes que fornecem aos gestores os subsídios para uma boa administração das atividades que vão ocorrer no estabelecimento.

 

Colaboração para a gestão da franquia

 

Não é apenas na gestão operacional que um novo franqueado pode se beneficiar de ajuda.

Com isso em vista, a Melissa ajuda também a administrar outros processos da unidade.

Nos primeiros meses de operação, este suporte é um diferencial para garantir o sucesso da iniciativa.

Mesmo porque este momento incipiente é sempre o mais frágil para qualquer empresa.

O ensino de métodos corretos para administrar o negócio auxilia os franqueados de diversas maneiras.

Um exemplo é o cuidado com a entrada e saída de dinheiro do caixa.

Outro é a frequência com que se devem fazer pedidos para reposição de estoque.

A estocagem que é reconhecidamente um ponto delicado para quem lida com mercadorias.

Um ponto tratado que costuma fugir à experiência dos gestores é a forma adequada de trabalhar com o material publicitário.

Não basta, afinal, que a marca o disponibilize para os franqueados.

A estas instruções, evidentemente, podem ser agregadas metodologias conhecidas pelos próprios gestores.

Investir em um software para controle de estoque, por exemplo, não é má ideia.

O negocio só tem a ganhar em eficiência operacional quando ambas as partes se ajudam.

 

Treinamento para todas as áreas pertinentes

 

Como os gestores têm de estar bem instruídos para tocar o negócio, treinamentos devem ser oferecidos pela franqueadora.

E esta é uma preocupação que a Melissa carrega.

A preparação oferecida vai cobrir itens como gestão e operação, seleção de equipe, integração do negócio, visual merchandising, interação com tecnologia e informação, dentre outros.

A intenção maior é fornecer um suporte completo para o operador das unidades da marca.

Se os gestores precisam estar bem instruídos, o mesmo deve ser dito dos seus colaboradores.

A transmissão de conhecimento e modos de operar serão aprendidos e transmitidos pelo administrador.

Ao inaugurar a loja, o franqueado e sua equipe devem estar completamente sintonizados com os valores e práticas da marca.

É por isso que as ações de treinamento e capacitação são tão importantes.

É através delas que o Know-How acumulado pelos anos de mercado da empresa será transmitido.

O aprendizado, neste sentido, é sempre um processo de fundo prático e funcional.

 

Como abrir uma franquia Clube Melissa?

 

Conhecendo tantas vantagens que a marca oferece para os seus franqueados, você já deve estar considerando o investimento, certo?

Então este é o momento ideal para respondermos como abrir uma franquia Melissa.

Os valores do investimento, exigências da marca e formas de contato serão listados a seguir.

Se você quer fazer parte deste mundo de acessórios e calçados, atenção a estes dados.

A loja de uma franquia Melissa atende pelo nome de Clube Melissa.

Para dar entrada no seu pedido de uma franquia da empresa o contato deve ser feito pelo site oficial.

Como acontece em outras franqueadoras, há uma seção especial para tratar deste assunto.

Neste caso, ela pode ser acessada através do menu “Abra uma franquia”.

Basta preencher dados simples – endereço, telefone, e-email, experiência profissional, etc. – no formulário disponível na página.

Depois de travar contato, é preciso esperar por uma resposta antes de fazer parte dos 3500 pontos de venda.

Com base no formulário a empresa irá contatar o candidato.

A partir daí, há uma série de procedimentos que serão observados antes de confirmar a liberação do pedido.

 

Processo para se tornar um franqueado

 

O setor de franquias da Melissa faz uma análise das informações enviadas.

Quando o perfil está de acordo com o exigido pela marca, é encaminhada, para o e-mail do candidato, a ficha de pré-qualificação.

Esta, junto de outras documentações pertinentes, deve ser devidamente preenchida e enviada de volta para a franqueadora.

A aprovação neste processo leva o interessado para a etapa seguinte.

Nela, será marcada uma reunião pessoal, a fim de demonstrar o sistema de franchising da empresa.

Geralmente, este encontro costuma acontecer na cidade do Rio de Janeiro.

Algumas informações presentes nos documentos, além do perfil do candidato, serão confirmadas durante a reunião.

Neste último momento é, por fim, entregue a circular de oferta de franquia.

Este documento é onde será estabelecida a relação legal entre franqueador e franqueado.

Os estatutos da marca e, também, as responsabilidades das partes estão descritas aqui.

Com a circular em mãos, é dada a largada no processo que irá culminar na abertura da nova unidade.

 

Perfil do franqueado

 

Você já sabe história, vantagens e modo de abrir uma franquia Melissa, mas, afinal, qual é o perfil de franqueado?

Toda marca possui um tipo de empreendedor que procura para lidar com as suas unidades.

Em primeiro lugar, é exigida uma experiência prévia no meio empresarial.

Ter histórico no setor de calçados é um diferencial.

Se você foi bem sucedido nestes empreendimentos, passamos, então, à avaliação de valores.

Neste quesito, o franqueado precisa demonstrar que se identifica com os ideais da marca.

Como em todo processo que envolve franquias, não menos importante é comprovar a capacidade financeira de administrar o negócio.

Também é uma exigência comum em outras empresas o comprometimento que o dono de uma unidade deve ter.

Deste modo, é fundamental que ele se dedique completamente à sua franquia.

Garantindo que os procedimentos e parâmetros de qualidade da empresa sejam respeitados na loja.

Isso vale não só para aspectos operacionais, mas também na gestão do negócio e no atendimento ao cliente.

 

Valor do investimento

 

Isto posto, é hora de discriminar os valores que deverão ser investidos pelos interessados em uma franquia Melissa.

Segundo dados da ABF, os valores a ser desembolsados para abrir uma unidade da marca são:

  • Investimento total: Entre R$ 265 mil e R$ 495 mil;
  • Taxa de franquia: R$ 45 mil;
  • Capital de Giro: R$ 120 Mil;
  • Média de funcionários: 10, aproximadamente;
  • Royalties: não são cobrados neste caso;
  • Taxa de propaganda: 2% do faturamento;
  • Prazo de retorno: entre 24 e 48 meses. Ou seja, uma média de 36 meses para o retorno.

Se for feito um comparativo, os investimentos necessários estão dentro da média praticada no setor de calçados.

Vale lembrar que a marca pode ser considerada vegana.

Para criar os seus produtos não é empregado nenhum material de origem animal.

Em função disso, a empresa criou o selo 100% Real Plastic.

Tratemos agora de outro assunto de interesse dos investidores: o faturamento.

 

Faturamento de uma franquia Clube Melissa

 

No valor de investimento listado, estão inclusas todas as obras necessárias e também os móveis que serão comprados.

Você já sabe quanto precisa gastar na sua unidade, agora só nos resta informar detalhes do lucro proporcionado pela franquia.

De acordo com a ABF, o valor do faturamento médio mensal é de, aproximadamente, 150 mil reais.

Pode haver alguma variação neste montante por conta do ponto comercial em que se localiza a unidade.

Outro detalhe ainda não citado é que área mínima para um estabelecimento da marca é de 53 metros quadrados.

As unidades podem ser abertas em shoppings de grande movimentação ou até mesmo em lojas de rua.

São detalhes a ser acertados durante a orientação para escolha do ponto de venda.

Cruelty Free, totalmente recicláveis e com um charme único.

Estes são os calçados da Melissa.

Antes de encerrar nosso artigo, conheça um pouco do mercado em que ela atua.

 

O setor de calçados no mercado brasileiro

 

Como dissemos no inicio, o mercado nacional de calçados é um dos maiores do mundo.

E mais: os nossos produtos não fazem sucesso apenas no território nacional.

Em 2016, o país teve faturamento de 998 milhões de dólares em exportação.

É o que informa a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados, a Abicalçados.

No universo das franquias, a ABF indicou aumento de 7,1% do setor no mesmo período.

O faturamento das redes atingiu a marca de mais de 151 bilhões de reais.

Um crescimento de 8,3%, com relação ao ano de 2015.

Falamos, portanto, de um setor com alta rentabilidade.

Apesar disso, o Brasil ainda apresenta um crescimento abaixo da média mundial.

O presidente-executivo da Abicalçados, Heitor Klein, acredita que é um efeito dos problemas estruturais do país.

A Melissa está entre as marcas que impulsionam o setor, a despeito de todas as dificuldades.

 

A galeria Melissa

 

Dentre os caminhos no qual a empresa investe para tratar dos seus calçados estão as galerias.

Em 2015, foi aberta, em São Paulo, a primeira do gênero.

Ela é fruto do entendimento da organização de que a compra pode ser uma experiência.

Em Nova York também há uma galeria da Melissa com projeto arquitetônico especial.

Como vimos ao longo deste texto, não é pequeno o legado destes calçados nascidos na cidade de Farroupilha.

 

Faça parte desta história de sucesso

 

A missão está cumprida: oferecemos todas as informações relevantes sobre a franquia Clube Melissa.

Anote o que for importante e faça uma análise para determinar se vale a pena para o seu caso.

Se você ficou interessado no modelo de negócio que oferecem, aproveite para visitar o site da marca.

A segurança de lidar com o know-how de quem já trilhou o caminho do sucesso pode ser o incentivo que você precisava para ter um negócio próprio.

Como você pôde ver, a Melissa oferece esta possibilidade e muito mais.

Compartilhe o artigo