expansao-de-franquias

Qual é a hora de investir na Expansão de Franquias?

Existe um momento em que todo negócio precisa crescer.

As vendas estão muito bem e tudo mais está seguindo de acordo com o plano.

Porém, existe um certo limite, um teto, que um gestor ou uma empresa podem conseguir alcançar sozinhos.

Nessas horas, é preciso tomar uma medida drástica para impulsionar ainda mais o negócio sem perder o pique.

Vamos ver quando chega o momento de expandir e algumas opções.

 

Quando é hora de expandir?

 

Essa é uma dúvida muito comum e muito importante.

Quando é o momento correto de expandir o negócio?

A resposta é que não existe um momento realmente correto, tudo varia de acordo com a sua capacidade, seu comprometimento e o desempenho da sua empresa.

Mas existem, algumas variáveis que devem ser observadas.

 

Em primeiro lugar, tudo é ditado conforme o andamento do mercado

 

Acompanhar o comportamento de seus concorrentes pode ser uma forma de ajudar a determinar se o melhor momento para investir está chegando ou não.

Além disso, a economia de um modo geral é um bom indicador.

Crises podem indicar que o melhor caminho é uma postura mais conservadora, mas também podem ser uma oportunidade de crescer mais dos que os concorrentes se houver uma base forte o suficiente para isso.

 

É também preciso entender a sua própria posição no mercado

 

O comportamento dos clientes é uma forma de perceber isso.

Se sua base de clientes é bem fiel, e eles vem até você sem muito esforço, pode significar que é hora de fazer uma expansão.

Contudo, lembre sempre, para fazer a expansão é preciso que as finanças sejam capazes de suportar o investimento.

 

Quais são as opções?

 

Diversas opções existem no momento de fazer uma expansão.

Vamos ver quais são algumas delas.

As fusões são operações em que duas ou mais empresas se juntam para formar um novo negócio.

Geralmente esse tipo de prática é dito como econômico, já que existe uma outra empresa dividindo as responsabilidades.

Porém a expansão geralmente tem chance de dar errado se os administradores não estiverem na mesma página, sendo muito possível uma relocação não ideal do capital.

Já o licenciamento é quando é cedido ao empresário o uso de propriedade intelectual de modo a acelerar a identificação do público com o produto.

Essa prática tem a vantagem de posicionar a marca de maneira melhor em curto prazo, mas em longo prazo a identificação ainda maior é com o produto licenciado.

A equipe de vendas, tanto interna como externa, também é uma forma de expandir os seus negócios.

Mas ainda assim, ela é um degrau pequeno, uma parte do caminho que pode ser feita antes de dar um passo maior.

Esse passo pode ser a expansão de franquias.

 

Dúvidas Sobre Franquias? Pergunte a Malu

 

O que é a expansão de franquias?

 

Essa prática é quando uma empresa cede o direito de uso da sua patente, marca, infraestrutura, know-how e rede de distribuição para um parceiro de modo que possa expandir ainda mais o seu alcance.

Assim, é possível expandir de maneira muito maior sem que o trabalho para o franqueador seja tão grande.

É claro, que ele existe, pois é preciso dar atenção e apoio a cada franquia, mas não é como se o franqueador tivesse que gerenciar cada mínimo detalhe da operação.

 

A franquia possui diversas vantagens

 

Em primeiro lugar, já existe uma forte consolidação do nome e da marca da empresa tanto para os clientes, como para os possíveis parceiros.

O respeito do cliente é fundamental para que ela cresça e que a franquia tenha mais chances de ter sucesso nos novos negócios.

E para os parceiros, esse reconhecimento significa a possibilidade de contar com oportunidades melhores e de atrair mais opções de investimento.

Além disso, já existe um plano de negócios que comprovadamente teve sucesso nas outras franquias da rede.

Isso aumenta as chances de sucesso dos novos franqueados que já tem um caminho para seguir, além de poderem contar com o apoio do franqueador.

 

Outros benefícios

 

Além das facilidades do mercado existem ainda outros tipos de benefícios que são consequência das informações em relação a outras franquias.

Por exemplo, os custos de instalação são muito mais fáceis de calcular, tomando como exemplo os estabelecimentos anteriores.

O público já é bem conhecido, fazendo com que o plano, e os custos, de divulgação sejam bem mais eficientes.

Por outro lado, existe nas franquias também certo grau de independência.

Apesar da autonomia não ser total, evidentemente, a franquia terá a sua própria razão social e responsabilidade em relação às operações financeiras.

Além disso, é possível fazer ações de pesquisa e desenvolvimento de novos serviços e produtos e também, adequar o produto oferecido ao público local.

As franquias são um modelo de expansão de negócios que traz um equilíbrio entre o controle, a proteção e a vantagem de ter uma marca reconhecida com certo grau de independência e a possibilidade de gerenciar o próprio negócio.

Compartilhe o artigo